07/06/2020 - POR QUE ELES SE ENTREGAM À LUXÚRIA?

Comerão, mas não se fartarão; entregar-se-ão à luxúria, mas não se multiplicarão; porque deixaram de olhar para o SENHOR.

Oseias 4.10

É excessiva a falta de respeito pelas advertências de Deus nos dias de hoje. Parece que as pessoas se entregaram de vez às práticas ruins. A verdade é que o homem sempre se enveredou por caminhos loucos. Mas, em todas as épocas, as nações que permitiram e incentivaram a luxúria caíram em desgraça. Assim também sucederá com todos aqueles que se entregarem a esse pecado. Até em Israel isso aconteceu!

De uma hora para outra, os maus passaram a governar o Reino do Norte e fizeram tudo o que podiam para provocar o Senhor à ira. Como Ele é longânime, os rebeldes não morreram fisicamente logo após a sua atrevida decisão, mas, sim, espiritualmente. A história mostra o fim desses desmiolados e insensíveis pecadores que provocaram o Altíssimo. Isso se repetirá em breve!

A sede pelas obras da carne é muito grande, e o desejo de praticar a iniquidade tem sido voraz. Porém, aqueles que riem dos santos de Deus, que se recusam a obedecer aos instintos bestiais de alguns, verão que tomaram a estrada errada e marcharão para a perdição eterna. A pergunta é: por que fazer o que é indecoroso e proibido pelo Criador, rebelando-se contra Ele?

Não há resposta plausível para o fato de alguém dizer que vai até às profundezas do amor, se isso sequer pode ser chamado de amor, e sim de libertinagem e descontrole total de quem se presta a isso. Não podemos admitir que, em nosso meio, haja pessoas voltadas às coisas das quais já foram libertas. A Verdade de Deus é maior do que a mentira do homem, mas alguns fazem o que não devem, andando contra a Palavra.

Por mais que as pessoas tomem esse caminho sem volta, buscando o prazer e a satisfação total, elas sentem mais fome das piores aberrações, entregando-se ao rei do Inferno. Como já não sabem definir o certo do errado, caem nas ofertas do diabo. Os sacerdotes agem como as prostitutas: se não receberem algo pelo seu “trabalho”, nada farão. O erro daqueles que deveriam confrontar o povo pecador leva mais indivíduos a aceitarem as tentações.

Por que abandonar o Senhor para adorar outros deuses? Dessa maneira, o desobediente contribui para a perdição de milhões de almas. Temos de ser homens de Deus no meio desta geração corrompida. Se falharmos na missão que nos foi dada, de nada adiantará chorar diante do Pai. Não há ganho para quem anda no erro!

Temos a Verdade conosco o tempo todo. Então, precisamos ouvir o Senhor, que nos adverte sobre as mentiras do maligno, para não cairmos nas garras dele. Que Deus ajude aqueles que se enveredaram pelo pecado a saírem enquanto é tempo. Se permanecerem nessa condição, em pouco tempo eles não existirão mais.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares