17/07/2020 - QUANDO A PACIÊNCIA DIVINA SE ESGOTA

Tu, pois, não ores por este povo, nem levantes por ele clamor ou oração, nem me importunes, porque eu não te ouvirei.

Jeremias 7.16

É inacreditável como os reis de Judá não aprenderam com a destruição do reino que se separou da casa de Davi, tomando o nome de Israel, o reino do Norte. Eles duraram um pouco mais de 200 anos, mas, por servirem ao diabo e não se endireitarem, Deus deixou que o monarca da Assíria fosse a Samaria e a destruísse. Além disso, esse rei levou cativas as pessoas que lhe interessavam e as espalhou pelo mundo. Elas não mais voltaram a ser um reino.

Mesmo com tantos exemplos, os reis de Judá permitiram semelhante coisa em Jerusalém. Com isso, o julgamento da nação aconteceu. Jeremias se desesperou por ter de anunciar o triste fim do povo de Deus, mas não foi ouvido. Por mais que clamasse, ninguém lhe dava atenção. O profeta entrou em oração, suplicando para o povo ser poupado, mas recebeu uma dura lição. O fim viria!

Que dia triste para Jeremias! Sabendo que Deus é amor, ele se pôs a clamar com o seu coração firme, a fim de ser ouvido. O Senhor lhe respondeu, mas a resposta não foi a desejada: Jeremias não deveria mais interceder pelo povo. O mesmo pode ocorrer com você, ao suplicar por algum familiar, que, conscientemente, se dá ao erro. Mesmo sabendo da severidade do juízo de Deus, ele não muda o seu proceder.

Talvez você ache que tal palavra não partiu do Altíssimo, mas sim. Ele mandou que o profeta escrevesse isso em seu livro e que tornasse parte das Escrituras. A decisão tomada pelo Senhor a respeito de alguém que continua a pecar sem arrependimento será irreversível, ainda que isso nos desagrade. Aproveite para dizer aos seus entes queridos, os quais estão na iniquidade, que se arrependam; caso contrário, eles se perderão para sempre.

Jeremias tinha de parar de orar por eles. Quando a paciência de Deus se esgota com alguém, só resta esperar o desfecho da situação. Isso pode acontecer com quem não tem o menor apreço pela Verdade, apesar de se intitular salvo. Aquele que não se assumir nos mandamentos bíblicos verá que a paciência do Senhor acabou, e nada mais poderá ser feito. Acerte-se com o Pai, ainda há tempo!

Deus Se importuna com orações que não têm origem nEle. As palavras do profeta, por certo, vinham do seu próprio coração, por isso não poderiam ser respondidas. Se o Espírito Santo incomodá-lo a interceder em favor de alguém, sua oração será respondida, mas, se as palavras saírem da sua vontade, ainda que você, naquele momento, seja o mais espiritual da igreja, nada acontecerá, porque você estará perturbando o Senhor.

Temos de procurar salvar todas as pessoas; porém, só devemos gastar tempo com quem for tocado e iluminado por Deus. Isso é visto naqueles que nos procuram com coração aberto e pronto para aceitar a oferta divina. Quem não teme o Senhor nem vai querer nos ver. Por sua vez, aquele que possui temor a Deus é diferente. Jeremias deveria ter dado atenção aos sinceros.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares