02/08/2020 - ASSIM FARÁ O SENHOR

Das grandes provas que viram os teus olhos, e dos sinais, e maravilhas, e mão forte, e braço estendido, com que o SENHOR, teu Deus, te tirou; assim fará o SENHOR, teu Deus, com todos os povos, diante dos quais tu temes.

Deuteronômio 7.19

O Senhor nunca deixou o homem confuso sobre a quem seguir, pois, além de dar o testemunho da Sua pessoa na pregação da Palavra, mostra provas irrefutáveis capazes de dar à humanidade a certeza de que aquilo aconteceu por obra dEle. Desse modo, quem recebe as bênçãos divinas se torna testemunha viva do Seu amor e da Sua existência. Há maravilhas que todo aquele que as presencia, ou toma conhecimento delas, não consegue negar a autoria do Senhor.

Moisés foi usado pelo Altíssimo para tirar os israelitas do Egito, porém os advertiu de que Deus via que o coração deles temia aqueles povos, e isso era um grande erro. Ora, se você teme o inimigo, ele sabe só de ver a sua reação às ameaças dele a pouca força da sua voz e a confissão negativa. A Palavra diz: Fogem os perversos, sem que ninguém os persiga; mas o justo é intrépido como o leão (Pv 28.1 – ARA).

Intrepidez significa ausência de medo. Isso deve ser o normal na vida de quem se diz salvo por Jesus; portanto, um justo. Os israelitas viram os sinais do Senhor na terra de Cão, o Egito, quando o maior império do mundo se curvou ante a vontade de Deus. Os olhos deles viram as grandes provas. Sem qualquer arma, a não ser o poder divino, Moisés foi até o temível Faraó e falou tudo o que o Altíssimo lhe mandara dizer.

Os israelitas não podiam alegar falta de condições para assumir o controle de Canaã, se o Senhor lhes ordenara. Nem deveriam falar que aquelas nações eram poderosas, tinham exércitos bem treinados e perigosos, e suas cidades eram cercadas por grossas e altas muralhas que impediriam qualquer ataque contra elas. Ora, somente o que Deus diz deve ser levado em conta. Ele é Varão de Guerra e Senhor que cumpre Suas promessas.

Os hebreus sabiam que foram tirados do Egito pela mão forte do Senhor, e não porque fizeram guerra contra os egípcios e os venceram. Na verdade, jamais sairiam de lá, se não fosse pela misericórdia e operação de Deus. Com o braço dEle estendido e a Sua sabedoria operando, os mais de três milhões de escravos saíram de cabeça erguida e, assim, chegaram à liberdade. O Senhor é forte e poderoso!

Eles deveriam se lembrar sempre disso, pois essa lembrança faria com que tivessem forças para derrotar qualquer outro obstáculo à sua felicidade. Da mesma forma, os cristãos e demais sofredores devem olhar para o Senhor e lembrar-se de que não há nem haverá quem possa subjugá-los; afinal, operando Deus, quem O impedirá? (Is 43.13). Agora, entre em oração, diga ao Pai que está arrependido dos seus erros e vá até o fim.

Assim como o Senhor fez com os egípcios, também fará com aqueles que você teme. Eles podem se mostrar fortes, mas só é forte quem serve a Deus. Então, faça do Altíssimo a sua Segurança. Clame, confessando seus pecados, e peça perdão. A seguir, parta para a vitória!

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares