24/08/2020 - A CONTRAPARTIDA DA IGREJA

Em cada alma havia temor, e muitas maravilhas e sinais se faziam pelos apóstolos.

Atos 2.43

Sem dúvida, a multidão que presenciou o nascimento da Igreja e o derramamento do Espírito Santo era bem maior do que os três mil que se converteram e foram batizados. É triste saber da existência de pessoas que se deixarão ser usadas pelo diabo para envergonhar a obra do Espírito de Deus, traindo e perseguindo os verdadeiros servos do Senhor. O ventre delas tem um lugar maior em seus corações do que a chamada para seguirem Jesus (Rm 16.18).

Muitos não têm a exata noção de que, agora, vivem no Reino santo. Eles praticam as mesmas aberrações, porque ainda não entenderam a Palavra quando ela trata, por exemplo, do leito conjugal: Venerado seja entre todos o matrimônio e o leito sem mácula; porém aos que se dão à prostituição e aos adúlteros Deus os julgará (Hb 13.4). Não é bom negar a orientação do Altíssimo. Vigie e ore!

É preciso haver temor nos cristãos, ou não subirão para viverem com Cristo eternamente. Onde falta o respeito pela Palavra, surgem brechas para o inimigo entrar e fazer as suas obras. É grande o número de salvos vivendo como os perdidos, sofrendo os mesmos ataques, porque se sujeitam às mesmas quedas dos incrédulos. Não é possível que a Palavra deixe de receber o devido lugar no coração dos nascidos de novo!

Os filhos seguirão o caminho dos pais, pois o que veem neles é semelhante ao que sucede na vida de quem não professa a fé em Jesus. Jacó observava seu pai Isaque em tudo o que falava e fazia. Depois, quando o sogro mudou seu salário, Jacó só não o enfrentou, porque tinha o temor do pai em seu coração. Hoje, o nosso Exemplo é Cristo, que jamais deu lugar ao diabo, embora tivesse o direito de Se irar. 

O resultado do temor ao Senhor na Igreja primitiva, desde o seu nascimento, era que Deus fazia maravilhas e sinais pelas mãos dos apóstolos. Hoje, o Senhor mudou? Não. Mas vemos a igreja, em vez de mostrar o poder divino, construindo hospitais e contratando doutores para ajudar na evangelização. Pedro não possuía ouro nem prata, mas tinha o poder do Nome de Jesus para curar o paralítico. Hoje, a igreja dá muletas para esses enfermos!

Mais pessoas se converteriam, se deixássemos de amar o mundo e as coisas que há nele, e buscássemos o poder do Alto, a fim de curarmos os enfermos, libertarmos os oprimidos e darmos vista aos cegos. Na igreja dirigida pelo Senhor, o número de pessoas que se entregam aos pecados é pequeno, mas ainda falta algo. Na Igreja primitiva, a consequência da mentira de Ananias e Safira fez crescer o temor de todos.

Que tal começar por você a procura pelo Deus vivo? Isso fará os outros também buscarem o seu lugar em Cristo. O mundo precisa ver o Senhor nos crentes, ou não se abrirá para a salvação. Segundo Jesus, só crê nEle quem faz as mesmas obras realizadas por Ele (Jo 14.21,23). Responda: você, de fato, crê no Salvador?

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares