27/08/2020 - O SENHOR ACRESCENTA

Louvando a Deus e caindo na graça de todo o povo. E todos os dias acrescentava o Senhor à igreja aqueles que se haviam de salvar.

Atos 2.47

A Igreja de Cristo não nasceu com deficiência de poder nem de proteção divina. Era a alegria dos Céus, porque fazia a vontade do Senhor. Quem cumprir o querer do Altíssimo será bem tratado por Ele: Jesus respondeu e disse-lhe: Se alguém me ama, guardará a minha palavra, e meu Pai o amará, e viremos para ele e faremos nele morada (Jo 14.23). É uma recompensa sermos morada do Deus vivo e operante!

A provação vivida por causa da dureza do coração dos judeus fez os convertidos amarem a Deus verdadeiramente. Em tempos de perseguição, o zelo das pessoas que amam o Pai aumenta e, com isso, maiores obras começam a surgir. Os salvos não imaginam o quanto são amados por Ele, pois, ao terem e cumprirem Seus mandamentos, desligam-se da capacidade do diabo de atacá-los e destruí-los. Deus é fiel!

Mesmo debaixo das piores provações, como a escassez de alimento e coisas básicas, e sabendo da possibilidade de perder a consideração até dos parentes, nossos irmãos se uniam na fé em Jesus e Lhe serviam com louvor e adoração. Eles não se deixaram levar pelo medo, mas decidiram fazer valer a posição deles em Cristo. Assim, podiam vencer as batalhas, pois eram sábios.

Quem não se importa com as ameaças do mal descobre ter sido fácil estar na provação. Isso porque Deus não o deixou ser tentado acima do que poderia suportar; com a tentação, enviou o escape (1 Co 10.13). As ações de Seus filhos satisfaziam o Senhor, o qual lhes acrescentava, a cada dia, os salvos. Isso aumentava o número de pessoas a serem alimentadas e cuidadas. Para eles, tal tarefa era simples, e a executavam cheios de fé.

O exemplo dos primeiros cristãos deve ser seguido por todos. Quando uma região é despertada para o Evangelho, a igreja tem de se unir e ajudar os novos irmãos a irem até o fim, sem se importar com o que precisariam. Os crentes vitoriosos em algumas batalhas são preparados pelo Senhor para outras lutas sequer imaginadas por eles, mas elas redundarão em outras dádivas. Deus é Quem nos cumula de bênçãos (Pv 28.20).

Os membros da igreja recém-instituída em Jerusalém, com a descida do Espírito Santo e as operações sobrenaturais do Altíssimo, apesar de enfrentarem dificuldades, não viviam na miséria nem mendigavam. Com o coração alegre, louvavam a Deus. O Senhor é suficiente para suprir as suas necessidades; então, não tenha receio de Lhe obedecer. Sem dúvida, você será honrado e usado por Ele. Deus é maravilhoso!

Por adorarem a Deus com toda a sua alma, aqueles irmãos caíram na graça de todo o povo. Com isso, dia após dia, Deus acrescentava à igreja aqueles que seriam resgatados. Porém, os perdidos se ressentem de tal tipo de ministério, porque, para eles, o inimigo tem a razão. Ora, isso foi decidido há mais dois mil anos, quando Jesus destronou o diabo nos Seus dias. Aleluia!

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares