20/10/2020 - QUANDO O HOMEM DE DEUS É TENTADO

Então, disse Joabe: O SENHOR acrescente ao seu povo cem vezes tanto como é; porventura, ó rei, meu senhor, não são todos servos de meu senhor? Por que procura isso o meu senhor? Por que seria isso causa de delito para com Israel?

1 Crônicas 21.3

Um dos fatos mais lamentáveis na vida do rei Davi foi a tentação que Satanás colocou diante dele, incitando-o a numerar o povo. Ninguém está imune às propostas do maligno, mas é triste quando a pessoa se espelha na experiência de alguém que foi fraco e cedeu ao inimigo, colocando os seus desejos secretos em ação. Pobre de quem se deixa levar pelas mentiras do diabo.

O homem tem de estar aos pés do Senhor, para que as vitórias obtidas por intermédio de Deus não se tornem laços na sua vida. Ainda não somos quem gostaríamos: servos perfeitos. Por isso, devemos viver dentro das revelações da Palavra, para que, em um momento de distração ou consumação do que há dentro de nós, não deixemos o Pai celeste nem ajamos segundo a orientação do maligno.

Parecia algo inofensivo, mas logo se viu que aquilo não vinha de Deus. O rei de Israel desejou saber quantas pessoas estavam à sua disposição para ir à guerra. Quando o Senhor nos dá uma direção, Ele já preparou os recursos. Deixar de obedecer a Deus, por não ter condições, é permitir que o diabo o dirija. Então, você terá perdido uma grande oportunidade. 

Ao se tornar servo do Senhor, Paulo sentiu a necessidade de partir para o campo missionário. Ele entendia que havia sido chamado desde o ventre materno e separado para a graça de Deus. O apóstolo disse que não consultou carne ou sangue (Gl 1.16), mas se dirigiu à Arábia e retornou a Damasco. Se tivesse consultado alguém, ele poderia ter sido admoestado por quem não possuía o Espírito de Deus e, então, teria trocado a instrução do Espírito pela do diabo.

Depois de três anos nas missões, Paulo voltou a Jerusalém para ver Pedro e passar 15 dias com ele. Muitos perdem algumas chances, porque ouvem pessoas fora da comunhão com o Senhor e deixam de seguir o que Ele diz. No entanto, há outros que dão ouvidos a Deus e a quem está na presença dEle e, assim, age corretamente. É bom estar ligado a Cristo para ouvir a Sua voz!

O comandante do exército de Israel, Joabe, percebeu a má inclinação do rei e tentou dissuadi-lo, mas em vão. Isso tem ocorrido com muitas pessoas que não dão atenção ao servo de Deus, que, sem saber do que se trata e em uma conversa sem a menor pretensão, entrega o recado certo. Precisamos estar atentos ao que o Criador nos manda falar, pois Ele não falaria à toa. Quem não ouve o Senhor paga um preço alto!

Joabe foi obediente e não se aproveitou da fraqueza do rei para dar um golpe, destituindo-o, com intuito de assumir o cargo para o qual não fora chamado. Ele ficou ao lado do rei, obedecendo-lhe mesmo no erro e vendo a punição sofrida por Davi. 

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares