27/02/2021 - MUDANÇA COMPLETA NO CORAÇÃO

Vinde, então, e argui-me, diz o SENHOR; ainda que os vossos pecados sejam como a escarlata, eles se tornarão brancos como a neve; ainda que sejam vermelhos como o carmesim, se tornarão como a branca lã.

Isaías 1.18

O Criador convida a quem se interessar a argui-Lo. Só que chegará à conclusão de que nada há de errado com Ele. Ao contrário, Deus tem a solução para os problemas do homem. Ao examiná-Lo, o indivíduo entenderá o mal que o diabo faz a quem não se abre para a Verdade. O inimigo sabe que aquele que a encontra jamais se deixa levar pelas mentiras dele. Não importa o quanto você errou, ao se arrepender dos maus caminhos e aceitar Jesus como Salvador, será salvo.

Por causa do pecado de Adão, o homem nasceu sob o jugo das trevas, por isso ele teme o diabo e resiste ao Espírito de Deus. Ainda criança, a pessoa começa a falar mentiras, mas o que aprender do Senhor irá ajudá-la a nunca mais pautar a vida pelas coisas erradas. Os salvos em apuros precisam se acertar com o Altíssimo para tirar os pecados que houver feito e confessá-los. Então, não serão mais afligidos (1 Jo 1.9).

A oração de arguir o Senhor é uma orientação bíblica, por isso podemos fazê-la sem medo de O ofendermos. Abraão a realizou, quando argumentou com o Todo-Poderoso, dizendo que o mordomo damasceno seria seu herdeiro, já que não tinha filho (Gn 15.2). Mas aquele servo não seria o herdeiro de Abraão, e sim o seu descendente. Por certo, o patriarca contou a Sara a respeito da promessa divina, e a esposa, percebendo a impossibilidade de gerar filho, induziu-o a se relacionar com Agar (leia Gn 16). Misericórdia!

Logo foi mostrado a Abraão que seu herdeiro seria a criança a ser gerada por Sara. A direção dela para o marido não veio do Senhor, o qual lhe apareceu e falou que o erro não estava nEle: Sendo, pois, Abrão da idade de noventa e nove anos, apareceu o SENHOR a Abrão e disse-lhe: Eu sou o Deus Todo-poderoso; anda em minha presença e sê perfeito (Gn 17.1). Nessa época, Ismael, o filho de Agar, estava com 13 anos. 

Para o Senhor operar, não é necessário se precipitar e agir erradamente, pois os fins nunca justificarão os meios. Temos de fazer duas coisas: andar em Sua presença e ser perfeitos. Pode ser que alguns dos meus leitores estejam no erro, fazendo o que a Palavra de Deus condena, mas, mesmo que os pecados deles sejam como a escarlata, vermelhos de tão sujos, o Senhor promete torná-los alvos como a neve.

Embora esses erros sejam bem gritantes, ao ser perdoado, você se torna branco como a lã. Em outras palavras, a purificação realizada pelo Senhor em nosso coração é de tal magnitude, que a extrema sujeira é tirada e transformada em extrema santidade. No entanto, se não se curvar diante da Verdade, a Palavra, você continuará dominado pelo poder das trevas e, então, não será admitido nos Céus (Mt 22.10.14). É isso que você quer?

No versículo seguinte de Isaías 1, o Senhor promete que, se quisermos e ouvirmos, comeremos o melhor do Evangelho. A nossa atitude diante das declarações da Palavra fará toda a diferença. Deixar de buscar nossos direitos em Cristo nos privará do melhor que Deus tem para nós, Seus servos.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares