12/10/2021 - SEGUNDO A PROMESSA DA VIDA

Paulo, apóstolo de Jesus Cristo, pela vontade de Deus, segundo a promessa da vida que está em Cristo Jesus. 

2 Timóteo 1.1

Fazer parte do ministério do Senhor Jesus, o Rei dos reis, é ocupar a mais alta posição nesta vida (Ap 17.14). Nada se compara ao que somos em Cristo. Assim como na Terra os ministros responsáveis pelas decisões do governo têm a direção da pessoa maior daquela nação, nós temos a do Criador. É bom lembrar que estamos sob autoridade, mas também somos autoridades (Mt 8.9). Creia!

Independentemente da sua chamada na obra do Senhor, a vontade dEle para você é vê-lo atuando nela, segundo Suas orientações, até colocá-lo em outra missão. Não somos pouca coisa, por isso precisamos buscar continuamente a direção de Deus e, logicamente, usar sempre o Nome que é sobre todos os nomes para a glória ser dEle (Fp 2.5-11). Dê o louvor para o Altíssimo!

Qual é a sua posição? Alegre-se com ela e cumpra-a segundo a graça dada a você (Rm 12.3). É maravilhoso estar em nosso posto, executando a tarefa designada por Deus com singeleza de coração e fé. Os servos fiéis serão promovidos a outras funções quando Ele achar por bem. Não se insurja contra os decretos divinos, nem vá atrás de novidades cuja origem não se sabe e por que chegam até você. Somente honre e ame a Deus!

Paulo se identificou como apóstolo de Cristo, e não como o pregador iluminado que era atendido em suas orações. Para ele, o morrer era ganho (Fp 1.21), e para você? Está na obra por interesses particulares, como emprego ou facilidade de agir errado? O único motivo legítimo para representarmos Jesus é a chamada que o Altíssimo nos deu. Se não for a vontade do Pai que o leva a estar no ministério, arrependa-se!

O apóstolo disse que a chamada dele foi segundo a promessa da vida. Essa é a causa mais nobre! Na verdade, essa deve ser a razão das nossas ações na igreja e das decisões diárias. A promessa da vida eterna nos Céus, quando Jesus voltar, deve pesar para você realizar o propósito do Senhor. Fique atento ao fato de que o diabo se mostrará como leão devorador. Muitos já estão em suas garras (1 Pe 5.8)

A promessa da vida está em Cristo, e não na igreja ou em homem algum. Não se deixe levar pela conversa de ninguém! Lembre-se: no acerto de contas da eternidade, até a intenção do seu coração será mostrada (Rm 2.15,16). Na obra de Deus, não pode haver o “amor” de mãe, que procura para os seus filhos o “melhor”. Agora, os pais, por outro lado, não devem tratá-los como se fossem filhos de outrem. Em suma, lembre-se: a igreja não é a fazenda pessoal de qualquer um, mas a lavoura de Deus (1 Co 3.9). Seja sempre servo e não o senhor!

De acordo com a palavra dada pelo Criador, quando o homem pecou, a salvação nos incluiria. A promessa da vida começou a se cumprir em cada um de nós, pois fomos inseridos na obra vicária de Jesus. Já podemos chamar o Senhor de Pai e viver conforme Sua Palavra ensina. Na volta do Messias, receberemos corpos glorificados, e isso será para sempre (1 Co 15.51-53). Aleluia!

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares