27/05/2022 - JULGAMENTO DA CASA DE DEUS

Pois o SENHOR julga ao seu povo e se compadece dos seus servos. 

Salmo 135.14 – ARA

Não somos tão especiais como dizem, mas, certamente, somos amados pelo Senhor. No entanto, isso não significa que podemos sair por aí cometendo erros e deixar de cumprir as ordens dEle. O julgamento começará por nós: Porque já é tempo que comece o julgamento pela casa de Deus; e, se primeiro começa por nós, qual será o fim daqueles que são desobedientes ao evangelho de Deus? (1 Pe 4.17). Seja fiel até a morte (Ap 2.10)!

Deus disse a Davi que a promessa de não faltar descendente no seu trono se cumpriria se houvesse retidão: Agora, pois, ó SENHOR, Deus de Israel, faze a teu servo Davi, meu pai, o que lhe falaste, dizendo: Não te faltará sucessor diante de mim, que se assente no trono de Israel; somente que teus filhos guardem o seu caminho, para andarem diante de mim como tu andaste diante de mim (1 Rs 8.25). Temos de ir até o fim!

O certo é nunca dependermos da palavra de alguém que fala a respeito do procedimento dos servos do Altíssimo. Alguns descobriram, sabe-se lá onde, e pregam que, uma vez salvos, para sempre salvos, independentemente do que fazemos. Jesus falou que não é assim, mas que alguns se juntarão aos infiéis: Virá o Senhor daquele servo no dia em que o não espera e numa hora que ele não sabe, e separá-lo-á, e lhe dará a sua parte com os infiéis (Lc 12.46).

Muitos que estão em posição de servos, cuidando do rebanho de modo negligente, vão se juntar aos infiéis. Isso porque começaram a espancar as ovelhas, a comer e beber e a embriagar-se, achando que o Senhor tardaria (Lc 12.45). Nada de olhar para o calendário, a fim de encontrar engano na providência divina. Continue servindo até Jesus voltar! Quem descuidar da sua missão terá de dar explicações pela sua falta de sabedoria. Ora, faça somente o que Deus diz, e nunca o que você acha!

Vale estudar aqui a posição de uma pessoa que teve conhecimento do desejo do seu senhor, porém deixou de se aprontar. Cristo falou disso: E o servo que soube a vontade do seu senhor e não se aprontou, nem fez conforme a sua vontade, será castigado com muitos açoites (Lc 12.47). É bom se preocupar com as orientações que o Senhor deu pessoalmente sobre a nossa ação ou a falta dela em cumprir as ordens divinas. Vigie!

Por outro lado, haverá servos que não entenderão a vontade de Deus em algum assunto. O Mestre explicou: Mas o que a não soube e fez coisas dignas de açoites com poucos açoites será castigado. E a qualquer que muito for dado, muito se lhe pedirá, e ao que muito se lhe confiou, muito mais se lhe pedirá (Lc 12.48).

O salmista disse que Deus Se compadecerá do Seu servo, mas isso não deve ser desculpa para ele mergulhar em pecados e deixar de se preparar para subir com Ele. Quero que Deus Se compadeça de mim, não porque, sabendo da Sua misericórdia, eu me entreguei a uma vida contrária aos princípios dEle, e sim porque não consegui cumprir toda a minha missão. É bom orar para compreender o que Deus quer de você, e, assim, evitar danos futuros!

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares