17/07/2022 - A MESMA ALEGRIA

E o SENHOR, teu Deus, te dará abundância em toda obra das tuas mãos, no fruto do teu ventre, e no fruto dos teus animais, e no fruto da tua terra para bem; porquanto o SENHOR tornará a alegrar-se em ti para bem, como se alegrou em teus pais. 

Deuteronômio 30.9

O Altíssimo afirma que, se a pessoa aceitar Jesus como Salvador e guardar os Seus mandamentos, a alegria dEle será igual a que sentiu quando Abraão e os demais patriarcas decidiram ser praticantes da Palavra. Deus está preparado para dar a quem se entrega a Ele uma vida próspera como jamais se viu. Podemos afirmar que o Senhor deseja nos abençoar tal como fez a Salomão, a quem concedeu sabedoria especial.

No versículo em estudo, o Senhor é claro ao dizer que ao fiel Ele retribuirá com abundância em toda obra de suas mãos (veja também Mateus 16.27; Romanos 2.6). Já os infiéis provarão a escassez, pelo fato de preferirem andar no grupo dos traidores. Jesus nos prometeu vida abundante; logo, não podemos viver na miséria: O ladrão não vem senão a roubar, a matar e a destruir; eu vim para que tenham vida e a tenham com abundância (Jo 10.10). A parte grifada é minha para chamar a sua atenção para a promessa.

O servo de Deus deve crer que terá abundância em suas habilidades – nas obras de suas mãos. Caso lhe falte algum dom, pode pedir ao Senhor, que lhe dará liberalmente, sem lançar em rosto (Tg 1.5). Porém, precisa observar a condição de pedir com fé, sem duvidar (v. 6). Não pode haver limites para quem é fiel a Deus, como não houve para os 318 servos de Abraão (Gn 14.14). Eles não eram soldados bem treinados para a guerra, mas, na emergência, o Altíssimo os usou!

Se o Pai estiver à sua frente, jamais fuja das batalhas que vierem, seja no tribunal, se você for advogado; seja na UTI, se for médico, ou em outras áreas da vida. A promessa divina é abençoar toda obra de suas mãos. Deus tem prazer em ver os Seus filhos combatendo com as armas celestiais. Tendo o Varão de guerra pelejando em seu favor, o seu sucesso é garantido. Creia!

O Todo-Poderoso lhe dará fartura, e não escassez. Então, verifique se você tem trilhado o caminho certo; se não há pecado em sua vida. A seguir, glorifique o Senhor pela vitória alcançada. Assim falou Jesus: E tudo quanto pedirdes [ordenar, reivindicar ou tomar posse] em meu nome, eu o farei, para que o Pai seja glorificado no Filho (Jo 14.13). Essa é a senha para colocar o poder divino em ação!

A abundância também será vista em seus filhos, nas crias de seus animais e na colheita da sua terra. Observe: Deus fará isso para o seu bem, nunca para você sofrer algum prejuízo. Quem é ajudado pelo Senhor jamais tem problemas, pois pode pedir o Seu favor. No entanto, quem O despreza pratica as coisas condenadas pelas Escrituras. Essa pessoa, certamente, experimentará as aflições provocadas pelo ódio do diabo.

Que final lindo tem o versículo que estamos estudando! Nele, lemos que o Altíssimo voltará a Se alegrar em você para o bem. Ele já Se regozijou com a sua conversão ao Evangelho – a mesma satisfação que sentiu com os patriarcas – e fez uma festa no Céu por isso (Lc 15.7,10)

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares