25/07/2022 - A INTERCESSÃO FINAL

Porque assim diz o SENHOR: Cantai sobre Jacó, com alegria; e exultai por causa do Chefe das nações; proclamai, cantai louvores e dizei: Salva, SENHOR, o teu povo, o resto de Israel.

Jeremias 31.7

Começar a entender o plano de Deus para a redenção da humanidade é bom. Quanto maior o nosso entendimento for alargado com a beleza da obra redentora do Altíssimo, maior será a glória que conheceremos. Certamente, ficaremos maravilhados a cada revelação da Sua vontade. Somente o Senhor poderia criar um meio de nos redimir da queda, para ficarmos livres para sempre do reino do diabo. Agora, somos livres!

Jeremias começa o seu recado, dizendo: Assim diz o SENHOR. Isso mostra a seriedade da sua fala. Mais tarde, o próprio Jesus disse: Passará o céu e a terra, mas as minhas palavras não passarão (Mc 13.31). Tudo o que procede da boca do Onipotente é verdade e será cumprido no tempo certo. Deus sabe de tudo o que acontecerá, até no futuro longínquo. É bom dar atenção à advertência divina sobre os fatos vindouros!

A mensagem recebida por Jeremias para anunciar aos filhos de Israel era que deveriam cantar sobre Jacó, o pai deles. Sem dúvida, esse Jacó seria um dos descendentes do patriarca, o Messias sobre o qual falou Daniel, que viria para libertar o povo das opressões do império das trevas (Dn 9.25,26). Ora, o cântico em louvor a Ele deveria ser feito com alegria. De fato, não existe nada mais lindo de ouvir do que as canções que falam do amor do Salvador nascido em Belém (Lc 2.8-20)!

Quantas pessoas se emocionaram com louvores a respeito de Jesus, do Seu amor e da paz que sentiram? É impossível calcular o numero de doentes curados ao ouvir uma canção exaltando o poder desse Nome poderoso. Muitos demônios se manifestam quando se canta sobre Cristo. Em 1975, em Nova Iguaçu, o cego Jorge ficou livre de úlcera nas córneas quando cantamos acerca do triunfante Nome de Jesus.

O recado de Deus chamou o Messias de Chefe das nações. Na Bíblia, há inúmeros nomes dados ao Filho de Deus. Ele é o Chefe das nações, porque tudo é dEle e veio a existir pelo poder do Seu Nome, que é sobre todo nome: Pelo que também Deus o exaltou soberanamente e lhe deu um nome que é sobre todo o nome (Fp 2.9). Perante Ele todo joelho se dobrará nos céus, e na terra e debaixo da terra (Fp 2.10).

Nossa missão é proclamar esse Nome não somente em palavras – muitas vezes, vazias de unção –, mas em autoridade. As pessoas se maravilham quando damos o louvor a Jesus, e a força infernal se retorce e solta os seus cativos, pois não aguenta o fogo e o poder que vem do Nome do Senhor. Com Ele, você se defende dos ataques do reino do maligno. Temos de proclamar esse Nome libertador e cantar louvores a Deus.

Não é preciso pedir, e sim confessar a Palavra, a qual nos orienta assim: Salva, SENHOR, o teu povo. Ora, há um restinho dos descendentes de Jacó que não serão salvos, se o coração dos nossos irmãos não concordar que o Todo-Poderoso fará isso. Use a sua autoridade já!

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares