14/02/2010 - NEM TUDO VEM DE DEUS

NEM TUDO VEM DE DEUS

“Esta persuasão não vem daquele que vos chamou” (Gálatas 5.8).

Não foi à toa que o apóstolo Paulo foi usado para advertir sobre o fato de que Satanás pode transformar-se em anjo de luz. Luz é entendimento, e isso significa que a obra do maligno pode parecer tão perfeita, que muita gente boa vai achar que é de Deus. O adversário tem essa capacidade de enganar e passar-se por mensageiro celestial, por isso, tem conseguido enganar muitas pessoas. No entanto, as que forem sinceras e aprenderem a se deixar guiar somente pelo que está escrito na Palavra de Deus jamais tropeçarão nem deixarão que o príncipe do mal as dirija. Somente o Espírito Santo – o Espírito da Verdade – poderá orientá-las, e Deus o faz em toda a Verdade, a Palavra de Deus (João 17.17).

Estudando como foram fundadas as mais diversas religiões, vemos que seus profetas tiveram uma visão, ouviram uma voz ou chegaram a alguma conclusão. Isso prova que há o mundo espiritual, pois todos eles receberam essas comunicações de lá. O detalhe é que nenhum deles acertou; todos foram enganados pelo príncipe do mal. Em todas as religiões, o homem tem de fazer alguma obra para agradar à divindade ou merecer o favor dela. No Evangelho, é diferente: basta ouvir o que o Senhor diz pela pregação da Palavra ou leitura da Escritura (Romanos 10.17).

O Criador seria mal se não tivesse deixado um Manual de conduta para não errarmos com tanta informação que nos chega. Mas isso Ele fez. Não há nem nunca haverá um só erro no que foi escrito nas Escrituras. Mesmo dentro das melhores igrejas evangélicas, dirigidas pelos melhores e mais usados pastores, temos de ficar atentos ao que nos falam, ou ao que sentimos, pois tudo tem de estar de acordo com a Palavra do Senhor. Se não estiver, é lixo da pior espécie.

Conheço pessoas que vivem tendo experiências com “Deus”. Se você não quiser errar, não se deixe enganar por nada. Saiba que tudo o que provém do Senhor não traz confusão, não irrita nem causa sofrimento, pois está de acordo com a Bíblia. Um pequeno desvio já é sinal para você abandonar tudo. Em meus anos de caminhada no Evangelho, já vi muitas pessoas serem envolvidas pelos espíritos malignos, por não terem tido a coragem de confrontar o que recebiam para verificar se era bíblico ou não. Ame mais o Senhor do que as revelações que julga vir dEle.

Quem se acha espiritual o bastante para receber revelações de Deus deve ter redobrado controle. Se uma delas falhar, ou não se confirmar, abandone o barco enquanto é tempo, ou terá problemas sérios. Não seja orgulhoso para reconhecer que você estava sendo guiado pelo espírito do erro. Nada pode ser acrescentado ou diminuído das Escrituras (Apocalipse 22.18,19). Tentar justificar o fiasco de alguma revelação é dizer que Deus Se equivoca. Se o Altíssimo disser algo – e Ele o faz pela Sua Palavra –, você pode dar atenção completa. No entanto, nunca permita que o inimigo use a sua mente para criar coisas e afirmar que foram originadas no Senhor.

Outro fato importante a notar é que o Pai nunca é surpreendido, porque Ele conhece tudo e sabe exatamente o que fazer em qualquer situação. Antes mesmo de algo acontecer, Deus já sabe o que vem a caminho. Também é bom lembrar que quem estiver em pecado não será usado pelo Senhor, mas, sim, por quem o está dominando no erro (Romanos 6.8-14). Por isso, não deixe o pecado habitar a sua vida.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares