20/04/2010 - ALEGRIA COMPLETA

"Estas coisas vos escrevemos, para que o vosso gozo se cumpra” (1 João 1.4).

Em toda a Bíblia, podemos ver como o Senhor Se preocupa com a nossa felicidade, a qual tem de ser completa, pois só podemos fazer a obra divina com o coração alegre. Quando o Altíssimo nos visita, recebemos essa alegria, a qual é sinal de que podemos tomar posse do que nos foi prometido. Por isso, não há quem consiga tirá-la de nós.

Ser alegre é fundamental na vida do cristão, mas Deus, por sempre desejar o nosso bem, fala-nos, em Sua Palavra, da necessidade de não somente termos essa alegria, mas também de que ela seja plena – afinal, sem ela, não conseguiremos cumprir a Sua vontade e não seremos bem-sucedidos. Portanto, a nossa busca deve ser a de ter um coração alegre para cumprir com louvor os mandamentos que o Altíssimo nos dá.

A Sagrada Escritura nos instrui, no Salmo 100, versículo 2, a servirmos ao Senhor com contentamento. Ora, de outra forma, não teremos como repreender o mal, determinar a bênção ou reivindicar os nossos direitos. Jesus ensinou que, até o momento em que possuímos essa alegria, não temos pedido nada – só pronunciamos palavras –, mas, após tê-la recebido, podemos usar o Seu Nome, e a obra será feita.

A felicidade que deve preencher o nosso coração não é produto da mente, a qual, muitas vezes, regozija-se com algo de bom que recebemos, como, por exemplo, uma decisão judicial favorável, o reencontro de antigos amigos ou parentes queridos etc. Todavia, essa alegria nos é concedida quando o próprio Jesus nos visita (João 16.22b), o que pode acontecer durante a pregação da Palavra, a leitura bíblica ou a meditação sobre aquilo que nos foi ministrado.  

Sentir nosso coração contente serve como sinal verde para recebermos as bênçãos divinas, pois, de posse desse contentamento, estamos aptos para assumir o que nos foi revelado como vontade do Senhor, e, agindo com fé, o poder de Deus cumprirá a nossa determinação. Antes dessa bênção, nem os pedidos que fazíamos eram aceitos; aliás, nem eram considerados pedidos (João 16.24). Portanto, meu irmão, prepare-se! Ao receber a alegria em seu espírito, não deixe de orar tomando posse da sua vitória!

O bom é que ninguém conseguirá tirar a nossa felicidade. Agora, para isso, devemos viver as promessas divinas, ler a Bíblia continuamente, orar e louvar o Senhor pelo que Ele nos tem feito entender. Assim, traremos Jesus para nos visitar, e, quando isso ocorrer, seremos inundados com a alegria do Senhor, que é a nossa força (Neemias 8.10).

Meu irmão, não tente fazer a obra de Deus sem estar com o coração alegre, pois o seu trabalho será em vão. Contudo, tendo o prazer do Senhor em sua vida, não deixe a obra para depois. Independente do que o diabo lhe fez, seja forte e, de posse da real alegria, ordene a saída desse mal. Agindo assim, você será mais que vencedor!

Em Cristo, com amor,
 
R. R. Soares