29/05/2010 - O MAIOR DOS EVENTOS

“O peso que viu o profeta Habacuque” (Habacuque 1.1).

Um homem de Deus, muitas vezes, é usado para prever fatos que não são agradáveis a quem ele ama. Assim aconteceu com Habacuque, o qual profetizou a vinda dos caldeus e o consequente cativeiro do povo de Judá. Quem serve ao Senhor deve sempre ser leal a Ele no Seu serviço. Ao servo jamais compete decidir o que fazer, o que falar, ou escolher onde deve estar, pois isso é prerrogativa do Altíssimo.

A palavra que Habacuque proferiu foi forte: Deus usaria um povo perverso para dar a lição necessária aos israelitas. Mas, ao mesmo tempo, o profeta animou-os ao dizer que o Senhor faria uma obra tal que, mesmo se contada, eles não acreditariam. Em nossa vida, nem sempre as coisas ocorrem às mil maravilhas. Ainda hoje, Deus usa certos fenômenos e determinadas pessoas para nos ensinar que, por algum motivo, temos deixado de receber da Sua Palavra.

Deus não Se importava com o que aconteceria com Seu povo? Claro que sim. Ele sabia como os caldeus procediam, mas sabia também que quem tem fé vence qualquer batalha. Meu irmão, o servo do Senhor sempre deve viver pela fé. O Todo-Poderoso tinha certeza de que a fé dada aos israelitas era suficiente para que eles passassem por aquele ensinamento. O mesmo ocorre com todos os que pertencem à família de Deus: a fé que Ele lhes tem concedido é tudo de que precisam para enfrentar qualquer crise e sair dela.

Habacuque não ficou apenas na profecia que anunciava a vinda dos caldeus, mas disse que eles estavam muito bem preparados. Contudo, por causa da maldade de suas ações, também cairiam. E, como foi dito pelo profeta, assim aconteceu. A visão de Habacuque tinha de ser escrita de tal maneira que, até quem passasse correndo, poderia ler (2.2).

A alma dos caldeus se inchava e não era reta neles (2.4a), mas por que, então, foi-lhes dado poder para oprimir o povo de Deus? Ora, não é preciso dar-se ao capricho para obter a resposta, pois o que importava era que o justo viveria da fé (2.4b; Romanos 1.17). Não fique perdendo tempo para tentar saber o que está por trás da sua aflição. Viva da fé!
 
Antes de compor um lindo salmo (leia o capítulo 3), o profeta Habacuque proclamou os ais a respeito dos caldeus, advertindo sobre ajuntar em casa bens mal adquiridos, edificar e fundar uma cidade com sangue e iniquidade (2.9-19). Depois, foi usado para nos dar uma linda mensagem: “Porque a terra se encherá do conhecimento da glória do SENHOR, como as águas cobrem o mar” (2.14).

Anote: chegará o dia em que nações inteiras serão despertadas e todos os seus habitantes procurarão conhecer o nosso Criador. Se pudesse, eu faria o impossível para fazer parte desse ímpar fenômeno. Afinal, tenho sido usado na preparação de tal evento.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares