06/02/2011 - NÃO SEJA INSENSATO

“Pelo que não sejais insensatos, mas entendei qual seja a vontade do Senhor” (Efésios 5.17).

    A pessoa que deseja agradar a Deus e por Ele ser agradada precisa fugir das obras das trevas. Os néscios espirituais não veem problema em não se consagrar ao Senhor, em manter certas amizades ou adotar algumas práticas condenadas pelas Escrituras. Já os sábios – aqueles que aprenderam mais de Cristo, passaram pela porta estreita, pelo caminho apertado (Mateus 7.13), e, agora, lutam para continuar de pé – sabem que o mundo é pernicioso e, por isso, deve ser evitado.
    Os insensatos, aqueles que não têm afeição pela Verdade e se envolvem no pecado, não percebem que estão agradando ao inimigo, e não a Deus. Quando atacados pelas forças do mal, são capazes de culpar o Senhor de não os ter protegido; afinal, consideram-se fiéis em qualquer situação. A insensatez deles, no entanto, prova que ainda não foram libertos verdadeiramente. Nenhum servo do pecado ficará para sempre em casa, não é mesmo? Essa é a razão pela qual muitos se desviam da casa de Deus.
    Ora, todo aquele que nasceu de novo precisa buscar o batismo no Espírito Santo, porque, tendo-o recebido, poderá esquivar-se das tentações, uma vez que, ao primeiro sinal do erro, ele terá o toque divino alertando seu coração. De fato, os discípulos de Jesus são instruídos a não se envolverem com as “Bate-Sebas” deste mundo (2 Samuel 11). Em vez disso, eles sabiamente bebem a água da própria cisterna (Provérbios 5.15) e, assim, conseguem escapar daquilo que os tenta. Meu irmão, se, em seu coração, há mal, e você tem sido influenciado pelas ofertas infernais, pare já com essa atitude, pois Satanás tem conseguido minar a sua resistência – e, se a situação continuar assim, sua queda será certa.
    Os sábios de Deus se edificam sobre o verdadeiro e único Fundamento: a Palavra do Senhor, por isso não dão atenção ao que há no mundo nem amam suas práticas; assim, suas vestes nunca são contaminadas. Ao sentir que por trás de um sorriso ou um elogio insincero está o agir do inimigo, os servos de Deus esquivam-se dele, pois sabem que, para serem mais sábios que o adversário, devem guardar os mandamentos divinos.
    Quem tem a sabedoria do Alto resiste, inclusive, aos temporais, porque está firmado na Rocha, que é o Senhor (Salmo 62.7). Essa pessoa entende que, se aceitasse o pecado, até poderia teria um prazer extra, mas, por obedecer ao Altíssimo, não cai no “canto da sereia”, pois, no fim, sabe que aquele prazer momentâneo irá fazê-la abraçar as chamas eternas do inferno. Então, prefere não ter nada na vida a adquirir algo por meio da mentira e da sedução, que são laços do próprio demônio.
    Já os insensatos brincam com o compromisso que fizeram no altar diante do Senhor e, consequentemente, perdem tudo – inclusive a salvação! Para esses, os tolos, não há nada de mais em um prazer condenado ou um dinheiro ilícito, desde que o receba “em prol de alguma boa ação”. Se você se encontra nessa condição, acerte-se agora mesmo, enquanto ainda há tempo. Se não quiser se queimar, não seja insensato, pois quem brinca com fogo se queima!
 
    Em Cristo, com amor,

    R. R. Soares