20/10/2011 - DOIS CONSELHOS, DUAS PROMESSAS

Confia no SENHOR e faze o bem; habitarás na terra e, verdadeiramente, serás alimentado.

Salmo 37.3

Confiar em Deus é uma das obras mais importantes que uma pessoa pode fazer na vida. Esse ato é mais do que buscar o Senhor em tempos de crise; trata-se de uma constante submissão à vontade dEle. Saiba que, se algo em seu viver não vai bem, não credite isso ao Pai, pois Ele é amor (1 Jo 4.8 – ARA) e jamais faria algo de ruim com alguém. Quando Deus permite um sofrimento, isso se dá por causa da própria pessoa, que não tem confiado nEle.

O segredo é confiar no Senhor. A pessoa que não coloca a confiança no Criador abre-se para o inimigo, o qual tem condições de atingi-la. Ao nos orientar a confiarmos nEle, o nosso Deus nos ensina a fecharmos todas as brechas para aquele que sempre é mal-intencionado. Aquele que não confia no Pai impede que Ele o proteja das investidas do maligno. O ato de confiar em Deus nos traz toda a espécie de bênçãos.

A pessoa que deposita sua confiança no Altíssimo jamais se deixa levar pelo desânimo, não aceita as sugestões malignas nem permite que o diabo faça seu ninho na vida dela. Ela é como o monte de Sião, que, firme, inabalável, permanece para sempre (Sl 125.1). Os indivíduos que se desviam, ou se deixam levar pelas mentiras e ofertas de Satanás, provam que não amam, de fato, a Deus. 

Confiar no Todo-Poderoso é fazer o bem tanto para si quanto para os outros. Quem tem essa atitude prega a Palavra de Deus com satisfação, foge do pecado com rapidez e, de maneira nenhuma, deixa-se enganar pela sedução das riquezas, por uma experiência extraconjugal ou qualquer falcatrua. Os que confiam no Senhor dão testemunho, pelas suas ações, do quanto é bom fazer o bem em todos os lugares, tornando-se exemplos para as demais pessoas.

Os que fazem o bem habitam na Terra das promessas – o Evangelho. Se você não tem habitado na presença de Deus, se os seus dias são sombrios e seus problemas nunca são solucionados, certamente, não tem confiado no Senhor, ou não tem feito o bem. É imprescindível habitar na Terra das promessas de modo verdadeiro, e não como os ímpios, que jamais serão bem-sucedidos por causa da vida errada que levam.

A pior coisa que pode acontecer a um cristão é não poder desfrutar das promessas de Deus. Ao ser atacado por alguma obra maligna, apesar de orar, ele não consegue realizar-se na fé. Para ele, sempre haverá pessoas que lhe farão mal; por isso, não consegue viver bem. No entanto, quem confia no Senhor faz o bem.

O melhor de tudo é que aqueles que seguem as orientações divinas, verdadeiramente, são alimentados. Saiba que o Altíssimo sempre trará revelações aos que fazem Sua vontade. Somos fortalecidos para as batalhas por meio do alimento divino, o qual nos dá sabedoria e prudência para evitarmos as armadilhas em nosso caminho.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares