01/10/2012 - UM PECADO MUITO GRAVE

Jerusalém gravemente pecou; por isso, se fez instável; todos os que a honravam a desprezaram, porque viram a sua nudez; ela também suspirou e voltou para trás.

Lamentações 1.8

Quem diria! Aquela que foi comprada com grande preço, a amável, a que era o prazer do Senhor, tornou-se repugnante. O mesmo acontece quando uma vida salva pelo sangue precioso de Jesus, batizada no Espírito Santo, com uma missão maravilhosa, afasta-se da presença divina e deixa-se levar pela tentação. Com isso, se não se arrepender de seus erros, nunca mais será uma bênção nem participará das maravilhas preparadas por Deus.

Antes de alguém pecar, o Espírito Santo o convence de que aquela ação acarreta um mal muito grande. Depois de ter transgredido, Ele traz uma tristeza ao coração do pecador, para que ele se emende (2 Co 7.10; Rm 9.1,2). Se a pessoa insistir no pecado, não mais perceberá o erro em suas atitudes, passando a agir irracionalmente. Se você perder o temor a Deus, só lhe importarão os resultados a partir de então. Com isso, seu pecado será classificado como grave.

Isso ocorreu com Jerusalém. A cidade santa tinha tudo para continuar como joia nas mãos do Onipotente, mas, por uma decisão absurda, preferiu o caminho mau e, então, afastou-se cada vez mais da santidade até se tornar repugnante. Não deixe que isso ocorra com você. Se tem caído em transgressão, praticando atos que envergonham a santidade do Senhor, confesse-os agora mesmo e receba o perdão.

Se você não se consertar, o poder divino, que cumpria as suas determinações de fé, não mais o honrará. O pecado faz cair em desgraça quem o pratica, e, sem arrependimento, nada pode ser feito. É grave o pecado de ignorar a voz de Deus. Quando você deixa de atender ao que o Senhor diz e de cumprir o que Ele determina, torna-se candidato certo para cometer qualquer outro erro.

Jerusalém teve um momento de lucidez. Quando caía nas correntes da perdição, antes de naufragar, suspirou. Depois, quando a paz estava voltando, deixou-se novamente ser possuída pelo espírito do erro e, assim, retornou com mais intensidade aos braços do inimigo. Cuidado! O diabo não está satisfeito com sua fé no Filho de Deus. Ele sabe que você representa um real perigo para seus maléficos planos e preparou o pior dele para enganá-lo.

Mesmo que seu pecado seja extremamente grave, volte para o caminho do Senhor. O Altíssimo estende a mão para tirá-lo da cova onde você caiu. Por não ter sido Ele quem lhe fez isso, essa situação pode ser revertida. Aproveite este momento, pois Deus quer libertá-lo.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares