11/01/2013 - PERFEITO AMOR

No amor não existe medo; antes, o perfeito amor lança fora o medo. Ora, o medo produz tormento; logo, aquele que teme não é aperfeiçoado no amor.

1 João 4.18 – ARA

No amor, não existe medo, mas, para que isso seja uma realidade em sua vida, você tem de buscar o perfeito amor. O medo, por menor que seja, abre a porta para o inimigo entrar. Com isso, suas orações ficam na fila e nunca são atendidas, pois a fé não as envolve. A única maneira de se livrar do medo é procurar aperfeiçoar o amor. Fazendo isso, o que o atormenta será lançado fora. Aperfeiçoe-se no amor; pois, assim, você experimentará a vida abundante.

No amor, não existe pecado, mas, sem o perfeito amor, existirá tentação. Enquanto não completar a missão que o Senhor lhe deu, você dará atenção ao que o diabo lhe mostra. A razão de muitos viverem desejando aquele que não é a sua metade se dá porque não cumprem os mandamentos. O Altíssimo só pode amar muito a quem O ama muito. Ele nos dá a ordem, e, se o fizermos com todo o coração, Ele operará a nosso favor com todo o Seu poder.

No amor, não existe mentira; porém, sem o perfeito amor, há engano. A mentira se dá até por um sorriso. Não discrimine uma pessoa com quem você não simpatizou por algum motivo, mas ore por ela. Não minta mostrando um sorriso, fazendo um elogio ou afago, ainda que seja com palavras, se não for de coração. Os que se enganam se deixam usar pelo demônio; afinal, tudo o que não é verdade vem do maligno. A sinceridade deve ser a sua marca.

No amor, você tem vontade, desejo e predisposição para servir a Deus, mas, se o amor não for completo, você serve a outros interesses. O diabo é mestre em nos abrir os olhos para que caiamos no conto da fascinação da riqueza. Ele também enche o coração do homem com os cuidados da vida e o leva a ambicionar uma porção de coisas. Mesmo que o ser humano esteja no final de sua existência, se não se cuidar, ele ambicionará o que não é permitido.

No amor, há fidelidade, mas, se ele não for completo, haverá traição de pensamento, de atenção e até física. Use toda a sua capacidade para buscar e servir a Deus. Quem não for fiel ao Pai será infiel ao cônjuge, ao amigo e a si mesmo. Por que não cumprirmos o que Deus diz, se Ele é nosso Pai e deseja o melhor para nós? A infidelidade nos separa do Altíssimo, e, se você não se arrepender dela e confessá-la, não haverá perdão.

Sem o perfeito amor, há tormento, pois haverá operação de Satanás. Ele usa todos os seus truques para afastar você da presença do Deus vivo. Quem vive sob a influência maligna nunca se realiza, não desfruta de paz e tem uma subvida. Só quem ama a Deus com plena dedicação consegue viver livre de toda opressão do diabo. O Senhor só consegue por a salvo do mal quem O ama com dedicação (Sl 91.14-16).

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares