30/04/2013 - TRÊS AFIRMAÇÕES IMPORTANTES

Mas eu conheço-o, porque dele sou, e ele me enviou.

João 7.29

É grande o dilema de muitos que se consideram de Deus. Por não se renderem unicamente ao que o Senhor fala em Sua Palavra, vivem frustrados. Por um lado, veem outros serem abençoados, mas, quando oram, não conseguem a resposta de que gostariam. Sem dúvida, o melhor a fazer é servir ao Senhor de todo o coração, com todas as forças e, quando orar, não deixar nenhuma dúvida se instalar no coração.

Os judeus levavam a fé como causa nacional e, por isso, não conseguiam extrair dela o que os ajudaria. Muitas vezes, em apuros, voltavam para as promessas do Altíssimo e, então, eram socorridos. Contudo, logo a seguir, retornavam para seus motivos pessoais e, de novo, tinham problemas com o inimigo. Hoje, isso ocorre com muita gente que não busca a glória do Senhor, mas somente os benefícios que Ele pode conceder.

Ao afirmar que conhecia o Altíssimo, Jesus estava ensinando a condição básica para se viver dentro da vontade divina. Só é possível conhecer o Senhor por meio da Sua Palavra. Na revelação do que está escrito, encontramos o que podemos chamar de “retrato de Deus” e, ao colocar em ação o que aprendemos, imprimimos essa fotografia divina em nosso coração. Então, podemos confessar que O conhecemos realmente.

Muitos afirmam que pertencem a Deus; mas quem se diz do Senhor e pratica o mal, ou tem o coração dominado por uma paixão proibida, é do diabo. Se você guarda algo escondido dentro de si, algo que ninguém pode saber; se, no fundo do seu coração, você alimenta desejos imundos, ou tem planos secretos que são condenados pela Palavra, saiba que Deus não está mais em você. Para voltar a ser dEle, arrependa-se, deixe o erro e O tema.

Esse assunto é muito sério e importante. Se você não pode afirmar que realmente é de Deus, vá correndo ao Altíssimo em oração, peça-Lhe perdão e, com isso, livre-se dos ataques do maligno. O Pai está pronto para lhe perdoar e transformar sua vida; porém, você tem de querer e buscar livrar-se das suas fraquezas. Por que não se dobrar agora diante do Senhor e pedir o perdão e a purificação de seus pecados?

Jesus afirmava que havia sido enviado por Deus. Quem possui essa certeza está seguro nas mãos do Senhor, pois Ele cuida de todos os que estão cumprindo, com alegria e fidelidade, a missão que lhes foi destinada. O que Jesus afirmou é o que Ele deseja que aconteça com todos aqueles que fazem parte do Seu Corpo – a Igreja. Alcançando essa bênção, você verá que tudo lhe será possível. Que tal colocar isso como alvo e esforçar-se para atingi-lo?

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares