22/07/2013 - VOCÊ É ÍMPIO OU JUSTO?

O caminho dos ímpios é como a escuridão; nem conhecem aquilo em que tropeçam.

Provérbios 4.19

É importante que você descubra se tem sido ímpio ou justo em suas ações, pois disso depende a sua felicidade ou infelicidade eterna. Nenhum ímpio será justificado no Dia do acerto de contas, a menos que tenha tido tempo de se arrepender e tenha-se acertado com o Senhor. No entanto, não é só a partir do Juízo Eterno que ele passará a sofrer; pois, aqui nesta vida, todo aquele que estiver no grupo da impiedade sofrerá os ataques do maligno.

São pequenas coisas que fazem um santo de Deus passar a ser ímpio. Por nenhum motivo se dê ao erro, ainda que a justificativa seja para ajudar a obra divina. Em tudo, seja exemplo (1 Tm 4.12)! Em hipótese alguma ceda ao autor das tentações, que, sem dúvida, tentará levá-lo com sua lábia. O melhor é sempre honrar o Senhor, cumprindo Seus mandamentos. Quem fizer a vontade de Deus será recompensado sempre.

A Palavra de Deus nos ensina a jamais semear más sementes, pois elas produzirão uma colheita de males (Gl 6.7b). Ninguém colhe o que não semeou, a menos que tenha entrado na roça de alguém. Diante da verdade, não existe nenhuma exceção. Se o servo de Deus decide fazer alguma coisa errada, fiando-se na mentira de que os meios justificam os fins, ele foi enrolado pelo diabo e não tem mais o Senhor ao seu lado.

Por recusarem-se a andar na Luz, os ímpios sempre caminham como que em meio à escuridão (Jo 3.19). Por isso, estão sempre tropeçando naquilo que o inimigo coloca à sua frente. Você os conhece por serem irresponsáveis no falar e no agir. No entanto, eles não veem desse modo; para eles, os que andam de acordo com a divina Palavra são bobos, pois não sabem aproveitar as coisas boas da vida. Não são poucos os que têm caído nesse golpe.

Como diz o versículo-base deste estudo, eles não conhecem aquilo em que tropeçam. Ora, quem andar na escuridão jamais conseguirá ver onde coloca os pés. Por isso, estão sempre tropeçando em tudo. O pior é que não acordam para observar as advertências divinas. Só há um meio de alguém deixar a impiedade: voltar a temer o Senhor. Com isso, ele terá a luz necessária no seu caminho e a lâmpada para iluminar seus passos (Sl 119.105).

De uma coisa podemos estar certos: Deus não planejou que os salvos tropeçassem. Ao contrário, Ele aplana o caminho para aquele que não se envergonha de honrá-Lo. Porém, os que se deixam levar pelas “oportunidades” que surgem, verão que não passavam de planos muito bem elaborados no Inferno para levá-los à derrota.

Por outro lado, os que não abandonam o temor do Senhor sempre são bem-sucedidos. Outro fato importante é que ser religioso não tem nada a ver com ser praticante da Palavra. Os que dão à Palavra de Deus o mesmo lugar que dariam a Jesus agradam ao Altíssimo e livram-se das tentações.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares