24/12/2013 - TRISTE DECISÃO

Mas eles dizem: Não há esperança, porque após as nossas imaginações andaremos; e fará cada um segundo o propósito do seu malvado coração.

Jeremias 18.12

A pior decisão toma a pessoa que resolve atender à tentação. Quantas vezes, mesmo tendo conhecimento do castigo que segue os que se dobram ante as propostas de Satanás, também o fazemos? Somos como meninos irresponsáveis, com a diferença de termos noção do que sobrevém às pessoas que deixam o bom caminho para andar nas trevas. Seria bom pesar as suas decisões, antes que seja tarde.

Deus pode mudar o seu mau coração, transformando-o em um coração segundo o desejo dEle. Um dos erros que cometemos é julgar que somos diferentes dos demais e, por isso, podemos praticar algumas coisas que, apesar de proibidas, achamos que nos fazem bem. Ora, quando o Senhor nos proíbe fazer algo, é para que não nos encontremos debaixo da autoridade do maligno. Seja sábio e afaste-se do pecado.

Quando o homem abandona a maldade, o Altíssimo o transforma em um vaso de honra, alguém segundo o Seu coração. No entanto, quando endurece o coração e não dá ouvidos ao Senhor, ele é entregue aos próprios desejos. Então, o diabo entra em ação, dominando aquele indivíduo, o qual passa a ser escravo dele. Com isso, os anos de paz, prosperidade e saúde desaparecem como que por encanto.

O Onipotente tem poder para realizar tudo. Se Lhe atendemos, Ele nos fará um sucesso; porém, se não Lhe dermos ouvidos, o nosso fim será desastroso. Então, por que desprezar a Fonte do bem e curvar-se para servir à fonte do mal? Quem prefere um “amor” bandido toma a mais triste decisão. Apenas o amor verdadeiro deve ter a nossa atenção. Só existe prazer quando as nossas ações são limpas, sem nenhuma contaminação.

Mesmo tendo recebido as melhores promessas do Altíssimo, você poderá vir a ser motivo de escárnio e vergonha. Quem não guarda o que lhe foi confiado constata que as promessas passaram e não puderam ser cumpridas. Ora, o Onipotente fará aquilo que tem prometido se fizermos a nossa parte. As promessas divinas são condicionais; não poderemos clamá-las, se não temos atendido ao que elas nos pedem.

O Senhor está preparado para enaltecê-lo ou para castigá-lo; o que você prefere? No grande Dia, de Advogado Ele passará a ser Juiz. Portanto, não se esqueça de que a sua decisão mostrará o que Deus será para você. Além do castigo eterno, se você só se importa com o que lhe pode ocorrer aqui neste mundo, você é insensato. Por não estar debaixo da proteção divina, o diabo pode atingir sua vida com qualquer mal.

A pessoa que segue os planos do Altíssimo passa a ser vitoriosa. Quem estiver esforçando-se para obedecer aos mandamentos verá que isso tem sido em sua vida como o resplendor da Deus, iluminando o seu caminho. Os que não se esforçam para cumprir o plano divino estão andando em trevas e, por certo, cairão.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares