30/12/2013 - JESUS REVELADO EM VOCÊ

Revelar seu Filho em mim, para que o pregasse entre os gentios, não consultei carne nem sangue.

Gálatas 1.16

O Onipotente Deus tem o poder de iniciativa. Por ser perfeito em todos os sentidos, Ele é onisciente – conhece tudo. Quem Lhe der atenção está tomando a melhor decisão. O contrário também é verdade, pois o fato de uma pessoa se recusar a atender ao que o Criador fala faz com que ela perca a melhor opção. Se alguém conseguir nota dez em algum teste sem a ajuda divina, por exemplo, não deve soltar fogos para comemorar, porque, se tivesse dado ouvidos ao Senhor, teria conseguido cem nem mil.

Quem obedece ao Senhor toma duas atitudes que lhe dão muita alegria: tem o melhor e aquilo se realiza. O Altíssimo dá a fórmula para vivermos bem ao prometer que, se quisermos e dermos ouvidos ao que Ele revela, comeremos o melhor desta terra (Is 1.19). Por meio dessa declaração do profeta, aquele que não foi abençoado perceberá que a razão de sofrer a falta das melhores coisas é não querer Suas bênçãos nem dar ouvidos a Ele.

Essa declaração da passagem de Gálatas 1.16 pode acabar com o vazio que há no coração de muitos. Paulo estava ciente de que o Filho de Deus havia sido revelado nele. Ora, se também fomos chamados para fazer parte do Corpo de Cristo, se passamos pelo novo nascimento e não estamos em pecado, Ele também será revelado em nós. Com isso, conseguiremos viver no mais alto nível. Cristo em nós é a esperança da glória (Cl 1.27).

O cristão só conseguirá levar o Salvador aos perdidos por palavras ou por meio de obras se Cristo estiver sendo revelado nele. Com isso, as pessoas notarão que há algo de especial na vida dele, pois esse servo de Deus reage de modo diferente às coisas ruins, com certo ar de vencedor, de alguém que não se dobra ante o inimigo, sabe desfrutar da paz e usa o poder do Pai celeste em todos os momentos. Quem tem o Filho em sua vida está preparado para todo o combate.

Não adianta se esforçar para mostrar-se vencedor, pois quem o é demonstra isso, sem o menor esforço, em todas as ocasiões. A melhor pregação que podemos fazer está na maneira como vivemos. Quem se desespera para conseguir os bens necessários, ou tenta ganhar tudo na base do grito e, então, quando surge algo que pode lhe dar algum lucro ou prazer, logo o assume, não desfruta da comunhão com o Altíssimo.

É crucial não demorar a dizer sim ao Senhor; se não agir logo, você poderá ser surpreendido com a escolha dEle por outra pessoa. Deus não persuade ninguém a crer no que Ele declara. Creia: confiar nEle é obrigação de quem ouviu a Sua voz. Quem endurecer o coração à voz divina, consequentemente, não entrará no repouso do Senhor. Mas por que ficar de fora se o Senhor lhe abre a porta? Quem tem juízo, ao lhe ser revelada a Palavra, logo a assume.

Felizes são as pessoas que creem nas revelações das Escrituras (Pv 13.13). Fique atento a esse detalhe, pois Deus só fala pela Sua Palavra. Uma vez tendo ouvido o Senhor, execute o plano celestial sem duvidar, murmurar ou vacilar. Saiba que todas as bênçãos divinas se cumprem quando a pessoa crê.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares