17/06/2014 - O TROPEÇO DE QUEM O ATACA

Quando os malvados, meus adversários e meus inimigos, investiram contra mim, para comerem as minhas carnes, tropeçaram e caíram.

Salmo 27.2

Quem tem e pratica a fé no Senhor Jesus deve entender que desfruta da proteção dEle em todos os momentos e, por isso, não precisa temer as ameaças do inimigo. Não há como nenhum desejo do diabo prevalecer contra aqueles que habitam no esconderijo do Altíssimo e, por esse motivo, podem descansar à sombra do Onipotente (Sl 91.1). Já está decidido que todos aqueles que se levantarem contra os ungidos de Deus tropeçarão e cairão.

O cristão não deve se preocupar com o que os malvados falam a seu respeito. Eles são mestres em mentir, mas não têm poder para nos destruir, a menos que lhe permitamos. O Todo-Poderoso habita em nós e, ainda que todos os demônios do Inferno se reúnam e se lancem contra a nossa vida, nada conseguirão, pois o Maior vive em nós e nos guarda de todo o mal (1 Jo 4.4). Quem está em Cristo se encontra fora da área de atuação do maligno.

No passado, os malvados referidos por Davi eram pessoas que se deixavam usar pelo diabo, mas, na realidade, os verdadeiros malvados eram os espíritos imundos que os dominavam. Hoje, o mesmo sucede, porém a pessoa que lhe faz algum mal não deve merecer a sua ira, e sim a sua misericórdia. É bom orar por aqueles usados pelo inimigo para atingi-lo, pois, muitas vezes, ele os usa para que os amaldiçoemos e, assim, eles se percam para sempre.

Da mesma forma, são os adversários. Sabemos que Satanás e seus demônios são os nossos verdadeiros inimigos (Ef 6.12). No entanto, já foram colocados debaixo dos nossos pés e, ao se levantarem para nos atacar, podemos esmagá-los com uma simples declaração de autoridade e fé feita em Nome de Jesus. Não há nada melhor do que andar em comunhão com Deus, sendo guiado pelo Espírito Santo; agindo desse modo, jamais fracassaremos.

O maligno só investe contra a sua vida para destruí-lo (Jo 10.10a), por isso não deixe que nenhuma das suas obras prevaleça contra você. Fique atento para usar a sua autoridade em Cristo. No momento em que sentir qualquer ataque do mal, repreenda-o em o Nome de Jesus. Assim como o diabo não conseguia tocar no Filho de Deus, também não conseguirá tocar em você (1 Jo 5.18). A posição do cristão diante do poder maligno é de supremacia.

Se você resistir firme na fé, o inimigo que lhe fizer alguma ameaça haverá de tropeçar e cair. Não há como qualquer força infernal se suster diante daquele que confia no Senhor e faz uso das suas prerrogativas. Fomos chamados para sermos uma bênção e, para que isso ocorra, Cristo nos deu poder sobre o mal. Nós venceremos todas as batalhas em Nome dEle.

A derrota do príncipe das trevas é mais que certa, pois Jesus já o venceu e o deixou eternamente aniquilado. Agora é só crer no que o Mestre fez em seu favor e exigir que o diabo, com tudo o que é dele, saia da sua vida, família e de tudo o que lhe pertence. A honra do Onipotente Deus é a sua força em todos os momentos. Não abra mão da sua vitória.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares