28/07/2014 - NOSSO AUXÍLIO E ESCUDO

Confia, ó Israel, no SENHOR; ele é teu auxílio e teu escudo.

Salmo 115.9

Apesar de ser infinitamente maior do que o Universo criado por Ele, o Senhor Se preocupa com quem foi feito à Sua imagem e semelhança – nós. O nosso sucesso O realiza em todos os sentidos, por isso precisamos contar com o Seu auxílio para sermos bem-sucedidos. Quando assumimos a vontade dEle, descobrimos que ela é melhor do que aquilo que pensamos ou sonhamos. Quem a cumprir jamais se ressentirá de Lhe ter obedecido. 

Ora, se o Altíssimo nos ajuda e guarda, nenhuma ameaça nos faz cair em desespero ou tremer. Esse é o tipo de fé que o Senhor dá aos Seus filhos para serem intrépidos – intrepidez é ausência de medo – como o leão. Aos olhos do Pai, o qual é perfeito e sabe revestir Seus servos com o poder necessário, não há como um deles ser tímido ou acovardar-se diante de um problema.

Não tenha medo de obedecer e sair para cumprir a missão dada a você, pois, quando Deus o envia a qualquer empreitada, também o prepara para executá-la. Basta irmos e não nos intimidarmos com as ameaças do inimigo; afinal, o Altíssimo vai à nossa frente para abrir as portas, destruir os ferrolhos e nos levar ao pódio. Com Ele, a obra é sempre realizada. Portanto, não tema; apenas siga a direção de Deus.

Entenda: você não tem um deus fabricado, mas o único e verdadeiro Deus, Senhor completo e Todo-Poderoso. Ele mesmo fará a obra, desde que você confie nEle. No Altíssimo, existe todo tipo de suprimento, tanto no presente como no futuro. As tarefas a serem concretizadas já nos foram preparadas, e, por isso, o sucesso será total se lutarmos com as armas da justiça.

Além de nos favorecer, o Pai também move pessoas, até mesmo as que não conhecemos, para intercederem por nós. O Evangelho que abraçamos é o poder de Deus e o descanso prometido por Ele. A nossa luta é travada em plena paz, sem despendermos qualquer esforço sobre-humano. Quando Ele nos envia ao combate, nem mesmo um fio de cabelo cai da nossa cabeça, nada de mal nos acontece.

Todos aqueles que são recebidos no Reino de Deus têm a assistência divina, como também têm os que são levantados pelo Senhor para auxiliá-los, seja em oração, no sustento de suas almas ou qualquer outra necessidade. Quem cumpre a vontade do Altíssimo vê a benevolência dEle na própria vida. Só o fato de contribuir com uma simples oração é suficiente para ser incluído entre os galardoados no grande Dia. 

Não há como não nos emocionarmos com a bondade do Senhor em nos escolher para Sua obra. Só mesmo o Seu amor tem o poder de nos perdoar, esquecer nossas faltas e justificar. Assim, podemos agir em Seu Nome e libertar os oprimidos e dominados pelo pecado, a exemplo do que aconteceu conosco no passado.

A Deus seja a glória!

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares