15/12/2014 - E ELES NÃO RECEBERAM…

Todos estes morreram na fé, sem terem recebido as promessas, mas, vendo-as de longe, e crendo nelas, e abraçando-as, confessaram que eram estrangeiros e peregrinos na terra. 

Hebreus 11.13

A maior glória de um salvo é morrer na fé. Esse relato fala a respeito dos chamados heróis da fé, que não negaram o Senhor, apesar dos mais severos testes que enfrentaram. Por isso, tiveram seus nomes registrados no Livro Santo. Todo aquele que nasce de novo deve se esforçar para jamais deixar a missão que lhe foi dada. Eles andaram pela fé até serem promovidos à Glória.

Alguns viveram até uma idade avançada e não desistiram nem desanimaram de servir ao Senhor. Sem dúvida, eles esperavam o cumprimento das promessas. No entanto, como isso não ocorreu em seus dias, partiram sem que as vissem concretizadas. O importante é que nada os tirou da fé que os mantinha firmes na esperança de que, um dia, o Altíssimo cumpriria o prometido.

A perseverança deles nos serve de lição, pois, se, por algum motivo, houver alguma promessa que não se concretize em nossos dias, devemos continuar inabaláveis até a chamada final. O máximo que os heróis da fé conseguiram foi vê-las de longe – sentir o bem que a humanidade desfrutaria quando se realizassem. Apesar de não terem experimentado o resultado do que elas anunciavam, pela fé, viveram a plenitude daquelas bênçãos.

Eles não conseguiram ver o cumprimento das promessas, mas continuaram a crer nelas. O que o Senhor nos dá, embora não se tenha tornado realidade na íntegra, é suficiente para nos fortalecer. O bem é tão forte, que a simples menção dele já nos satisfaz. Quem confia em Deus traz à existência tudo o que Ele tem prometido. 

Os heróis da fé deram um grande exemplo a todos os que viveram em seus dias, e para nós também, ao fazerem o que muita gente jamais havia pensado: abraçaram as promessas de Deus como algo real. A verdade é que basta uma palavra do Altíssimo para um milagre ocorrer. Abrace as promessas de Deus, assumindo o que elas anunciam. Em Jesus, tudo se cumpre para quem crê.

Esses servos do Senhor sabiam que ainda não eram cidadãos do Reino dos Céus, mas, pela fé, confessaram isso. Viver pela fé é assim; mesmo ainda não tendo sido efetivado o que foi prometido, nós já abraçamos e confessamos aquilo como certo. Ora, quem crê no Senhor sabe que se cumprirá o que Ele disse.

O corpo pode estar cheio de dor; o braço, sem movimentos, e a perna, pesada, mas, para quem recebe a fé e crê, aquilo já está solucionado. Não é correto mentir. O adequado é trazer à existência o que Deus declara, pois, pelas feridas de Jesus, fomos sarados.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares