10/01/2015 - TRISTE DIA

E disse ela: Os filisteus vêm sobre ti, Sansão. E despertou do seu sono e disse: Sairei ainda esta vez como dantes e me livrarei. Porque ele não sabia que já o SENHOR se tinha retirado dele.

Juízes 16.20

O nascimento de Sansão veio na medida exata que o povo de Deus precisava, e, sem dúvida, posso afirmar o mesmo a respeito de cada pessoa nascida no mundo. O bom é nunca frustrar o nosso Deus, mas fazê-Lo feliz. Ele diz que, se formos sábios – procurarmos saber o que Ele tem preparado para nós e tomarmos posse disso –, o coração dEle Se alegrará com a nossa atitude. Ora, quando agradamos ao Senhor, Ele satisfaz os desejos de nosso coração (Sl 37.4).

A grande tragédia da humanidade é a variedade de religiões pelo mundo, com os seus mais diversos ensinamentos. Ora, tudo o que o homem tem criado não tem valor para satisfazer o Altíssimo e trazer Suas operações.  Essas coisas são perigosas, pois têm um valor contrário: ajudam o inimigo a prender bilhões de pessoas. Os religiosos pensam estar de acordo com a vontade divina, mas, na verdade, agradam ao inimigo.

Um dos erros de Sansão foi encher-se de autoconfiança e ignorar que Deus lhe dava a vitória, e não a sua força física. Muita gente acha que é a formação acadêmica que lhe confere sucesso, mas isso não procede. Não tendo sido originado no Senhor, o que essas pessoas conseguem é obra da carne, e, como disse Jesus, a carne é fraca (Mc 26.41). O fogo provará o tipo de obra feita.

Sansão se achava mais forte do que a carne e, ao se entregar a ela, provou o quanto uma paixão pode aprisionar e derrotar. Durante séculos, incontável número de servos do Altíssimo se deixou levar pela fascinação do mundo. Depois, quando essas pessoas acordaram do erro, já era tarde demais em muitos casos. É dia de vencer a tentação!

Ao confessar seu segredo à Dalila, Sansão caiu em um sono profundo no colo dela e, por ter seus cabelos cortados por ela, perdeu toda a sua força. O mesmo ocorre com aquele que se deixa tomar pelo demônio da paixão, pois conta além do que deveria, e, com isso, o adversário (que sempre está esperando uma brecha) pode entrar nessa vida e destruí-la. Se a paixão já domina o seu coração, corra para Deus, pois seu próximo passo pode ser fatal.

Foi triste o dia em que Sansão achou-se forte como nas outras vezes; na verdade, o Espírito de Deus havia sido retirado dele. Que isso nunca ocorra com você, pois, se o Senhor sair da sua vida, o maligno aproveitará para fazer a sua perversa obra. Quem cai em sono profundo no colo do inimigo, ao acordar, verá que se afastou do Todo-Poderoso.

Faça o necessário para não perder a presença do Pai. Sem dúvida, seu fim será melancólico se isso ocorrer. O pior é que o apaixonado nunca vê o perigo. Para ele, os maiores defeitos das “Dalilas” são virtudes impressionantes. Deus pode e quer livrá-lo desse golpe. Você aceita ser resgatado?

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares