15/01/2015 - PEDIDO DUPLO E ACERTADO

Ó Deus, não te alongues de mim; meu Deus, apressa-te em ajudar-me.

Salmo 71.12

Deus pode ficar muito longe de nós a ponto de não conseguirmos mais alcançá-Lo. No entanto, para impedir que isso aconteça, não devemos excluí-Lo da nossa vida nem Lhe dar as costas. Quem deixa de buscá-Lo com dedicação perde bastante, pois essa recusa, ainda que pareça uma decisão pessoal, na verdade, é obra do demônio que, ao provocar esse distanciamento, encontra meios de levar essa pessoa aonde ele possa atacá-la, sem ser incomodado.

Desconhecemos o motivo de o salmista sentir-se perdido e distante do Onipotente, mas, quando viu que isso poderia ocorrer, logo se colocou em oração e suplicou a Deus que o livrasse desse estado. Se, algum dia, você sentir que o Senhor ficou insatisfeito com alguma obra sua e, por isso Ele está Se afastando, entre em oração e peça o socorro divino.

A oração do salmista é prova de que você pode trazer o Senhor para perto de si. Quanto mais próximo dEle você estiver, melhor e mais protegido viverá, se usar a fé. Ao se encontrar perto de Quem tem toda a habilidade, você não será atingido por praga alguma, nem mesmo uma seta venenosa do inimigo conseguirá alcançá-lo. Com isso, você provará do amor do Pai e também se realizará por completo na fé operante em Jesus.

O salmista queria que a sua libertação fosse urgente. Isso mostra que fazemos a operação divina ocorrer. Porém, quando há qualquer tipo de pecado não confessado, o Senhor fica impossibilitado de agir (Is 59.2). Portanto, sempre se examine e não deixe o sol se pôr sobre o que você fez de errado. Quem confessa seu erro e se arrepende alcança misericórdia (Pv 28.13) e, desse modo, não terá mais o Senhor longe nem vagaroso em lhe atender.

A sua resposta às revelações do Senhor em Sua Palavra será o que Ele fará. Então, fique inabalável nessa certeza; assim, saberá como agir em qualquer situação, pois acabarão as dúvidas sobre qual direção tomar e o que Ele realizará em e por você. O Altíssimo jamais nega as Suas declarações nem deixa de cumprir as Suas promessas (Nm 23.19). A Palavra dEle imperará sobre todas as obras do inimigo.

Deus e Sua Palavra são um só e estão interligados de modo indissociável, até mesmo para um ligeiro ou profundo estudo. No instante em que entender o que Ele tem para sua vida, agarre tal informação, pois ela será como o anjo impedido por Jacó de ir embora. O patriarca usou a autoridade de quem anda com Deus e, por ter agido desse modo, foi abençoado.

Ter o Senhor sempre por perto é sinal de que a nossa vida será infinitamente melhor do que poderíamos pensar. Esse não só deveria ser o nosso alvo, como também o motivo de nossas ações constantemente. Quem andar com o Onipotente nunca se curvará ante as investidas malignas e, por isso, não deixará de procurar a presença divina.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares