18/01/2015 - FIEL EM TODOS OS TEMPOS

A tua fidelidade estende-se de geração a geração; tu firmaste a terra, e firme permanece. 

Salmo 119.90

A nossa maior garantia é de que Aquele que criou a Terra e a firmou sobre o nada – de onde não se move, a não ser pelo movimento que Ele mesmo deu a ela – jamais deixará de ser fiel. Não há possibilidade de Sua Palavra não executar a missão para a qual foi designada. Portanto, há segurança completa em crer em Jesus. Por Ele ser imutável (Ml 3.6), podemos descansar e confiar no fato de que nunca acordaremos com uma má notícia.

O diabo jamais ganhará a batalha. Na verdade, ele está eternamente derrotado e, assim, permanecerá até o Juízo final, quando, enfim, será lançado no lago que arderá com fogo e enxofre por toda a eternidade (Ap 20.10). Daqui para frente, só saberemos de coisas boas. O que Deus fez em alguma época, em favor de qualquer pessoa, Ele fará por nós em nossos dias. Ele nos amou de tal maneira que deu o Seu Único Filho para morrer por nós (Jo 3.16).

Quem for recebido como membro da família divina jamais será confundido. Mas é bom entender que o Senhor é fiel à Sua Palavra, e isso nos assegura que Ele cumpre o que tem prometido. Os que confiam nEle jamais devem deixar que algo os abale ou os envergonhe, pois eles estão nas mãos poderosas de Quem é maior que todos. A pessoa que conseguiu a fé em Jesus tem tudo, mas a que não crê nEle não possui nada.

Tudo o que o diabo diz é engano, pois ele é mentiroso e jamais se firmou na verdade, porque não há verdade nele (Jo 8.44). Por isso, não existe razão para se deixar levar pelo que ele diz, pois não há nem haverá a hipótese de, algum dia, ele proferir alguma verdade. Com o Senhor, o oposto acontece: Ele sempre fala a verdade e faz o que diz, ainda que as pessoas deixem o bom caminho e ajam como o diabo deseja.

Deus nunca deixará de realizar integralmente o que prometeu. Isso deve servir de base da nossa confissão. A Bíblia declara que Ele vela sobre a Sua Palavra para cumpri-la (Jr 1.12). A fé em Jesus é a única capaz de dar completa paz e segurança, pois a fidelidade do Pai não deixará que Ele aplique nos pecadores a sentença já lavrada, se eles suplicarem por salvação e perdão.

O que levará uma pessoa ao suplício eterno é a recusa de receber Jesus como seu Substituto. Ele foi à cruz para pagar o preço da nossa redenção; por isso, todo aquele que invocar o Nome do Senhor será salvo. Por ser fiel, Deus nos guarda em todos os momentos, livrando-nos dos laços armados às ocultas contra nós. A Palavra afirma que aquele que habita no esconderijo do Altíssimo descansa à Sua sombra e nunca é atingido pelo mal (Sl 91.1-7).

Quem crê em Jesus pode confessar que nenhum mal sucederá a ele e praga alguma chegará à sua tenda (Sl 91.10). Que Deus tremendo é o Senhor, pois, mesmo que sejamos infiéis, Ele permanece fiel, pois não pode negar-se a si mesmo (2 Tm 2.13). Do que mais precisamos? Basta crermos e ficarmos firmes na fé. O testemunho da boca do Pai não deixará o espírito do medo nos assaltar.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares