20/01/2015 - DO QUE MAIS O HOMEM PRECISA?

A sua alma pousará no bem, e a sua descendência herdará a terra.

Salmo 25.13

Essa promessa foi feita ao homem que teme o Senhor. É muito bom e produtivo respeitar a vontade divina e se esforçar para cumprir a missão que lhe foi dada. Assim, você será como Davi, alguém segundo o coração de Deus (At 13.22). Então, nada há de lhe faltar e, se o demônio o estiver enganando, não se dê por vencido, mas repreenda-o, pois isso agrada ao Pai. Resista às tentações, ame o Senhor e o próximo e jamais iluda alguém nem minta para ele.

Todo verdadeiro servo será instruído por Ele no caminho que deve escolher (Sl 25.12). Ao ter a direção divina, assuma-a de pronto, pois ela é a sua sabedoria. O que Deus lhe diz, além de ser verdade, é o melhor para a sua vida. Ele é Onisciente e, por isso, sabe exatamente do que você precisa para se realizar por inteiro. As coisas que o homem escolhe por si mesmo não servem, porque, com o pecado de Adão, a humanidade ficou corrompida (Rm 5.12)

Jesus ensinou que nada podemos fazer sem Ele (Jo 15.5). Portanto, mesmo quem nasceu de novo não deve realizar nada sem a orientação do Senhor. Seja sábio e busque a instrução segura na Palavra. As más escolhas sempre levam à penúria, dor, aos problemas e sofrimentos. Ao receber a direção celestial e crer nela, você entrará no melhor caminho. Vencer só é possível com Deus. Qualquer êxito que o homem tiver fora da ajuda do Pai trará alguma pena. Por isso, jamais queira enriquecer sem a bênção do Senhor; do contrário, haverá dores. 

Cristo levou o castigo que nos traz a paz (Is 53.5) e, por isso, com Ele há e sempre haverá vitória. Em pouco tempo, o obediente notará que tem Deus do seu lado e, desse modo, todas as coisas irão bem para ele e sua família. A bênção é para você e os seus, aqueles que permanecem na família divina. Mas, cuidado, pois todo erro traz consigo uma grave punição.

Problemas podem indicar que não estamos dentro da vontade do Altíssimo. Hoje, a batalha para o cumprimento da promessa não é travada com sofrimentos de nossa parte, mas na obediência ao Senhor. Aquele que amar a Deus também será amado por Ele (Jo 14.21), mas os que O desprezam ficam abertos aos ataques infernais. Não se exponha ao maligno, mas aceite o plano do Pai e faça uso da direção que lhe é prestada no testemunho das Escrituras.

Quem aceita as palavras de Deus descobre que fez algo muito bom para si, pois a sua alma repousará no bem, na plena vontade de Quem é amor e excelente em tudo o que planeja e executa. A promessa é para nós, os nossos filhos e tantos quantos estiverem longe – aqueles que o nosso Deus chamar. Ele o tem convidado a participar da Sua natureza, e não da contaminação moral e religiosa do mundo. Atenda-O e seja abençoado!

Pare, escute e dê atenção ao que lhe é ministrado, pois é o melhor que você poderia ter. O Senhor é perfeito em Seus caminhos, Santo em Sua maneira de ser e o escolheu porque o ama. Se você não sair da presença de Deus, Ele irá abençoá-lo e guardá-lo. O Altíssimo tem muito mais para instruí-lo; portanto, não pare no que já tem recebido, mas deixe a sabedoria do Onisciente levá-lo sempre à Sua maravilhosa presença. Renda-se a Ele totalmente!

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares