11/12/2015 - AS OBRAS DAS MÃOS DE DEUS

As obras das suas mãos são verdade e juízo; fiéis, todos os seus mandamentos. 

Salmo 111.7

Você deve sempre vigiar para o inimigo não arrancá-lo das mãos do Senhor. Na verdade, ele não pode fazer isso deliberadamente; porém, se ele conseguir convencê-lo de que a sua fé não é nada na presença de Deus e, por isso, nada conseguirá dEle, você mesmo desistirá da sua caminhada. O versículo começa dizendo que as obras do Altíssimo – a fé em Jesus e o entendimento dado por Ele acerca da sua capacidade nEle – são verdade e juízo.

Em vez de duvidar do que o Pai tem feito em seu favor, abra seus lábios e louve a Ele de todo o seu coração. Ao agir assim, tanto no ajuntamento do povo de Deus como em uma reunião com algumas pessoas ou sozinho, você se desenvolverá na fé e ficará mais forte. Jamais considere os feitos do Senhor algo pequeno ou sem expressão. Tudo o que Ele realiza tem uma importância tremenda.

Muitas pessoas não estão nem um pouco interessadas em saber o quanto o Altíssimo as tem beneficiado e, por isso, não crescem na fé. Ora, depois que aprendemos de Jesus, se o nosso coração for bom, entenderemos o que nos foi feito para não perdermos nada. Quem tem prazer nas obras de Deus as procuram, expressam-se mais na fé e, por consequência, vivem com mais qualidade.

Há glória e majestade em todas as ações do Senhor, e não há como a ordem dEle deixar de favorecer a pessoa que Ele abençoa, a menos que ela não creia nEle. O agir de Deus é soberano e operante ao mesmo tempo. Isso significa que tudo o que lhe foi proporcionado teve a intervenção gloriosa e poderosa dEle. Você nem imagina o que o Pai tem iniciado na sua vida. Se deixar que Ele conclua, isso lhe fará muito bem.

As obras que Deus realizou pela humanidade, bem como as que Ele faz para qualquer pessoa, possuem um poder imenso – o dEle. Portanto, não se deixe levar pelas mentiras do inimigo, o qual tenta fazê-lo crer que, no seu caso, foi algo simples. Desde o momento em que você abriu o seu coração para as operações divinas, o Altíssimo começou a trabalhar em seu interior intensamente, e o Inferno sabe disso. A justiça que o Todo-Poderoso emprega para concretizar Seu propósito dura para sempre.

Quando age, o Senhor dá testemunho de que você é dEle e ordena ao maligno que não toque mais na sua vida. Ora, você só precisa disso para ser feliz, porque, sendo fiel, os mandamentos de Deus cumprem o que a seu respeito foi ordenado. Não há razão para não se alegrar, pois, sendo alvo das dádivas divinas, por que não se assumir na fé em Cristo? Não mendigue mais as bênçãos.

Ao ser informado de que algo lhe pertence, pelo fato de Jesus tê-lo comprado ao morrer no Calvário, você se torna uma verdadeira bênção. Basta temer o Senhor, e Ele lhe dará o mantimento – a revelação da Palavra – para você se alimentar. Ele não Se esquece do Concerto firmado no sangue de Jesus, o qual está em vigor para todo aquele que O confessa como Senhor e Salvador. Quem toca em um salvo toca na menina dos olhos de Deus (Zc 2.8).

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares