19/12/2015 - A SUA ESCOLHA DETERMINA SEU FUTURO

Porque aqueles que ele abençoa herdarão a terra, e aqueles que forem por ele amaldiçoados serão desarraigados.

Salmo 37.22

Quando o Evangelho é pregado, quem lhe dá ouvidos toma conhecimento do que Deus quer dele. No entanto, muitos desprezam a voz divina, por quererem agir segundo os próprios desejos, e não se dão conta do mal que fazem. Com essa atitude, quando precisarem da ajuda do Senhor, não serão atendidos, pois ignoraram o tempo da visitação do Altíssimo e não obtiveram fé para receber aquilo de que necessitam. Eles se assemelham às virgens que, sem azeite, não puderam entrar na festa.

As Escrituras declaram que quem desprezar a Palavra de Deus perecerá (Pv 13.13). É triste ver pessoas que se consideram salvas caminharem sem rumo, tentando tudo o que lhes é apresentado como possibilidade de auxílio. Então, por não atenderem ao Pai, sofrem bastante. A única saída para alcançarem o favor divino é arrependerem-se e buscarem o Senhor enquanto podem achá-Lo.

O plano de Deus nos é revelado sempre que falamos das Boas-Novas. Muitas vezes, enquanto a mensagem é transmitida, o Santo Espírito insiste com algumas pessoas despreparadas para enfrentar os ataques do mal, e elas não Lhe dão a devida atenção. Depois, quando estoura uma obra maléfica contra elas ou um familiar, elas se desesperam pedindo oração, porque constatam que não há solução na capacidade do homem.

Há várias razões que levam alguém a ser amaldiçoado. Uma delas é em relação ao dízimo. Existem pessoas que dizem que “não são bobas” para “entregar ao pastor” o que lhes pertence. Ora, se Malaquias 3.8,9 não for verdade, podemos jogar a Bíblia fora, porque nada mais o será. Nessa passagem das Escrituras, o Altíssimo diz que a pessoa que não lhe dá a décima parte de tudo o que recebe como salário ou presente está roubando-O.

A punição não é exagerada, pois Ele, que fez tudo do nada, inclusive o homem, tem todo o direito de nos avisar que o diabo anda atrás de quem se recusa a obedecer aos mandamentos divinos e será ele, e não o Senhor, quem colocará a maldição no rebelde. É claro que Deus não precisa do nosso dinheiro, mas, para nos abençoar e manter a Sua obra, criou esse modo de o homem ser recompensado ao ficar com 90% do que recebe.

O fato de não obter a bênção o fará ser amaldiçoado. Por isso, ao tomar conhecimento de algum mandamento, execute-o logo. Sendo um ouvinte esquecido, ou tendo recusado o chamado do Senhor, será impossível que o inimigo não aproveite a oportunidade para perturbá-lo. No entanto, se der atenção ao Altíssimo, por certo, você O terá como Amigo, e isso vale a pena!

Quem cumpre com alegria a sua missão herda a Terra – o Evangelho, o conjunto de promessas de Deus. O Todo-Poderoso passa os olhos por toda a Terra, a fim de encontrar os fiéis cumpridores dos Seus preceitos, e, sem dúvida, estes são abençoados com a Sua bondade.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares