27/12/2015 - TERMINOU O DOMÍNIO DO MAIS FORTE

Livrou-me do meu inimigo forte e dos que me aborreciam, pois eram mais poderosos do que eu. 

Salmo 18.17

O que Davi experimentou foi uma amostra do que aconteceria com a vinda de Jesus, quando a humanidade seria para sempre livre das forças das trevas. Até então, o diabo campeava por todas as partes como o “dono do mundo”, mas, após a obra realizada por Cristo no Calvário, ele perdeu esse título e foi totalmente vencido pelo Senhor que nos devolveu liberdade, poder e santidade. Agora, quem reina é todo aquele que aceita Jesus como Salvador e segue o que diz a Palavra de Deus.

Até então, o diabo se sentia no direito de oprimir a humanidade, pois, com a queda de Adão, ele roubou a autoridade que o homem tinha sobre si e passou a oprimi-lo em todos os sentidos. Era triste e cruel a situação do ser humano. Como não havia um só justo que pudesse enfrentar o maligno, o Senhor teve de vir pessoalmente para tomar o nosso lugar e, assim, vencer quem tinha o poder da morte. Graças a Deus, estamos livres!

De uma hora para a outra, o homem tornou-se mau, como se viu na morte de Abel, quando Caim se tornou o primeiro homicida do mundo. A partir de então, todo tipo de erro passou a reinar no meio dos homens, surgindo a prostituição, a corrupção e os demais desvios de conduta que têm escravizado milhões de pessoas. É preciso contar a todos que a escravidão acabou e, com a vinda de Jesus, o domínio do mais forte terminou.

Satanás era o mais forte; porém, servindo a Deus e apropriando-se das promessas de Deus, o filho de Jessé conseguiu ser liberto completamente deste ser desprezível, o qual oprime as pessoas que não sabem o que o Senhor fez por elas e, se têm conhecimento disso, não fazem uso da autoridade que possuem no Filho de Deus. A falta de conhecimento, ou o fato de usar os seus direitos, faz com que o homem fique sob a autoridade do maligno.

O que Jesus realizou por nós em Sua morte deve ser entendido e ser alvo da nossa reflexão sempre, até se tornar parte da nossa vida. Afinal, o Salvador destronou o diabo, tomou dele as chaves da morte e do Inferno e nos libertou do seu senhorio. Por causa disso, ninguém mais deve se sujeitar às mentiras do Inferno. Muitos sofrem por terem medo, desconhecerem seus direitos e não usarem as suas prerrogativas de filhos de Deus.

Hoje, o adversário não é o mais forte, e sim o fracassado. Ele só consegue oprimir o ser humano, se este ceder às suas tentações. Não há por que você ficar sofrendo aquilo que Jesus já sofreu em seu lugar. Portanto, trate de crer no que Deus diz e se firmar no que Ele declara ter feito com o inimigo. A sua libertação está mais perto do que imagina; portanto, agora, assuma-a.

Os demônios que o aborrecem com tentações, doenças e males já foram derrotados, por isso você pode se assumir em o Nome de Jesus e vencê-los. Eles eram mais poderosos do que você, mas, agora, estão sob os seus pés. Se você reivindicar a sua libertação, Deus está pronto para executá-la neste momento.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares