16/07/2016 - A PARTIDA DOS QUE CREEM

E, pela manhã cedo, se levantaram e saíram ao deserto de Tecoa; e, saindo eles, pôs-se em pé Josafá e disse: Ouvi-me, ó Judá e vós, moradores de Jerusalém: Crede no SENHOR, vosso Deus, e estareis seguros; crede nos seus profetas e prosperareis.  

2 Crônicas 20.20

Eles não precisavam esperar mais, pois já haviam recebido do Senhor a direção. Por isso, pela manhã, estavam de pé para enfrentar o inimigo. Quando ouvimos a voz de Deus pela leitura da Palavra, temos a confirmação de que Ele está à nossa frente; só precisamos ir aonde Ele nos ordenou. Ao cumprirmos o nosso dever, veremos que o Pai fará o que nos prometeu.

O rei Josafá se levantou e disse aos seus soldados como deveriam proceder, porque Deus não os desampararia. Essa deve ser a maneira de agir de todo chefe de família ou líder de uma igreja. Tendo entendido a mensagem divina, demorar significa ter medo do Senhor ou desrespeito por Ele. Quem crê avança, ergue o punho e faz a obra do jeito como sentiu que deveria proceder pela Palavra. A vitória é certa para quem não duvida!

Judá e os moradores de Jerusalém deveriam prestar atenção nas instruções, para não contradizerem o Altíssimo. Se cressem, estariam protegidos. Essa é a máxima que nos dará segurança sempre, pois não há como Deus nos ordenar a cumprir Seu plano de modo errado. Nas orientações dos Céus, não há vacilação nem engano. O Senhor é nota dez em tudo!

Se cressem em seus profetas, aqueles habitantes prosperariam. A mesma ordem nos é dada hoje. Mesmo que alguns mensageiros de Deus tenham escrito o recado dos Céus há mais de três mil anos, ele é extremamente atual. As palavras dadas pelo Senhor são espírito e vida, e não somente veículo de comunicação como as nossas. Portanto, jamais se envergonhe ou deixe de fazer o que o Pai disse, pois Ele é fiel cumpridor de Suas promessas.

Josafá sabia que o Onipotente os usaria para derrotar os rebeldes. O Altíssimo tinha preparado um espetáculo da Sua habilidade. Assim, a operação que viria era algo inédito. Sem dúvida, em cada uma das nossas batalhas, o Todo-Poderoso descortina um pouco o Seu poder para termos vitória e sabermos que Ele nunca nos confundirá.

Judá estava totalmente segura. Crendo em Deus, a proteção dEle não lhe faltaria. O segredo era ver o Senhor desenrolar o seu propósito, o qual deixaria boquiabertos os oponentes. Na Sua operação, não haveria a mínima possibilidade de sobrar algum dos que se insurgiram contra eles para uma próxima batalha. Na sua estupidez espiritual, os amonitas, moabitas e os da montanha de Seir nem imaginavam que cavavam a própria sepultura naquele dia.

Quem atenta para a direção de Deus e a segue jamais se atrapalha com as habilidades do inimigo. Diante do poderio do Altíssimo, aquilo que os adversários sabem fazer não é nada, a não ser combater contra si mesmos. Os salvos nunca serão envergonhados, mas os ímpios sim.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares