23/07/2016 - O RESULTADO DA OBEDIÊNCIA

E veio o temor de Deus sobre todos os reinos daquelas terras, ouvindo eles que o SENHOR havia pelejado contra os inimigos de Israel.

2 Crônicas 20.29

É bom relembrar as atitudes de Josafá e do seu povo diante do ajuntamento das nações que desejavam derrotá-los. Com esse exemplo, percebemos a necessidade de buscar o Senhor sem aceitar aquilo que parece ser a nossa destruição. Uma certeza temos: o Altíssimo cuida dos Seus com o Seu poder e, por isso, nada de mal lhes acontece, e sim a vontade dEle. Não há como o inimigo atingir quem se refugia em Deus, nossa Fortaleza.

Após terem feito o que lhes fora dito, os descendentes de Davi se rejubilavam. Em seguida, os reinos ao redor, ao saberem da peleja e da vitória do Senhor em favor dos israelitas, testemunharam a divina mão sobre a semente de Davi e os deixaram em paz. Quando você estiver sob algum ataque do maligno, não se desespere; seja confiante e declare que nenhum mal lhe sucederá nem praga alguma chegará à sua tenda (Sl 91.10). A Deus seja a glória!

Sua vitória tem de ser amplamente propagada no mundo espiritual, porque, dessa maneira, os inimigos pensarão muito antes de atacá-lo de novo. Seja agradecido ao Senhor pelo que Ele fez em seu favor e, se houver outra provação, busque a face de Deus e dê atenção aos Seus conselhos. Não há como ser desamparado, se a sua fé estiver na Palavra; por isso, seja firme e destemido, não se deixando levar pelas investidas do inimigo.

Ao se tornarem conhecidas, as operações do Altíssimo em nosso favor fazem os demônios sentirem medo e se afastarem de nós, pois só em pensar no quanto o Senhor nos ama, eles se apavoram e destroem uns aos outros. Aqueles que temerem o mal descobrirão que o medo deles age como um convite às forças do mal para os atacarem. Não deixe o medo entrar no seu coração, mas encha-se da fé do verdadeiro Deus.

Cumpra a vontade do Pai, e Ele o manterá em paz e quieto por muitos anos. Assim, você desfrutará de tempos de paz e segurança. A perturbação na vida do cristão pode ser sinal de falta de comunhão com o Senhor. Os que são guiados pelo Espirito Santo são filhos de Deus; porém, os que não são vivem oprimidos e derrotados. O Senhor é a Força de quem realiza o Seu propósito, ao cumprir Seus mandamentos. 

Se você tem tido problemas com as forças das trevas, a ponto de viver sem paz e sem as operações do Senhor, está na hora de se consagrar ao Altíssimo e começar a viver. Os filhos de Deus têm de estar em comunhão com Ele, pois, além de não serem molestados pelo diabo, desfrutarão das promessas feitas aos salvos. Por que viver longe da luz, se andar nas trevas nos faz tropeçar e ser acometidos de males? Venha, então, para a luz do Criador!

Esses acontecimentos com o povo de Deus nos servem de lições, para agirmos corretamente e não sermos derrotados. Quem ama o Senhor torna-se um colecionador de vitórias, e acredito não ser necessário perguntar qual tipo de cristão você gostaria de ser. No entanto, lembre-se disto: só é parecido com Cristo aquele que vence.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares