02/11/2016 - AINDA NÃO HAVIA MUDANÇA

Vendo, pois, Faraó que havia descanso, agravou o seu coração e não os ouviu, como o SENHOR tinha dito.

Êxodo 8.15

O Senhor trabalhava no coração de Faraó, assim como tem trabalhado no de muita gente. Hoje, há muitos que não conseguem entender o que o Altíssimo lhes fala, da mesma forma que o líder egípcio não compreendia. No interior de Faraó, havia algo similar a uma besta-fera escondida e, se ele deixasse os filhos de Israel partirem antes que Deus fizesse uma grande obra em sua vida, iria arrepender-se e caçar os israelitas para matá-los.

O rei do Egito tinha prova de que Deus era maior do que os seus deuses e sabia que Moisés era porta-voz dos Céus. Porém, como não havia se quebrantado como deveria, o Senhor endureceu o seu coração. Há muita gente que, caso fosse curada, prosperasse muito ou tivesse todos os seus problemas resolvidos, faria uso da força física e do sucesso que alcançou para realizar coisas que lhe trariam um eterno prejuízo.

Faraó pode ser comparado a muitos “cristãos” que têm um comportamento errado, mas, no momento de sofrimento, buscam o Senhor para solucionar suas dificuldades, prometendo que jamais farão aquelas coisas de novo. No entanto, quando a dor passa, voltam a cometer o mesmo erro. É preciso vencer o demônio que domina o seu coração, pois ele é como um animal feroz, que, no devido momento, o levará a fazer absurdos. Amém?

A paz é uma das coisas mais belas que existe, pois, com ela, desfrutamos de prosperidade, saúde e das demais bênçãos. Porém, aquele que ainda não foi verdadeiramente liberto por Jesus, ou é dominado por um espírito maligno, logo que se sente em paz, relaxa no servir a Deus. Assim, sem o menor esforço, o demônio o faz agir de acordo com a sua vontade maléfica. É preciso buscar a libertação completa na fé em Cristo.

O Egito ainda sofreria a ação de muitas pragas que Moisés enviaria por ordem divina. Isso também há de acontecer com aqueles que não se dobram ante o Onipotente. Então, a cura demora vir, o sofrimento não é destruído, e a paz verdadeira nunca chega. Se essas pessoas procurassem em Cristo a libertação de seus males, veriam a besta-fera que os oprime ser expulsa, e, então, viveriam maravilhosamente.

Faraó precisava ver a mão divina operando mais castigos sobre o seu país, a fim de que pudesse retardar o levante da besta-fera residente em seu interior. No entanto, mesmo vendo a mão do Senhor pesar sobre ele, não se deu por vencido e, por isso, destruiu-se para sempre. Todos devem passar pelo novo nascimento, que é real. Uma vez sendo salvo, você será liberto do espírito enviado para levá-lo ao suplício eterno.

Até quando você terá de ser castigado para nascer de novo e servir a Deus? Sem a salvação, você não será plenamente atendido pelo Pai celeste. Se quiser, neste momento, o Senhor iniciará o processo que o fará renascer. Seja sábio! Converta-se agora, e a sua vida mudará por completo. Diga isso ao Senhor e seja salvo agora.

Em Cristo com amor,

R. R. Soares