30/11/2016 - A CAUSA DA CONDENAÇÃO

Não é por causa da tua justiça, nem pela retidão do teu coração que entras a possuir a sua terra, mas, pela impiedade destas nações, o SENHOR, teu Deus, as lança fora, de diante de ti; e para confirmar a palavra que o SENHOR, teu Deus, jurou a teus pais, Abraão, Isaque e Jacó.  

Deuteronômio 9.5

Para muitos, é incompreensível a forma como Deus tirou a Palestina das nações que lá habitavam e a entregou aos israelitas. Porém, isso soa como um sinal de alerta àqueles que não se importam com as advertências divinas, pois, tal como os povos que habitavam aquela região – os quais não viviam decentemente e, por isso, foram subvertidos –, os que hoje se dão ao pecado, ao abrirem os olhos, verão que caminham para a condenação eterna.

Durante séculos, Deus lutou contra as pessoas que habitavam a terra destinada a Israel, a fim de que se convertessem, abandonando a vida pecaminosa, mas elas não quiseram. A criatura não tem o direito de discordar do Criador, que é Todo-Poderoso, amor e completo em Si mesmo. Ele sabe o que é bom para o homem; no entanto, como costuma acontecer hoje, muitos preferem se rebelar a respeitar a vontade divina. A rebeldia deles os entrega ao inimigo.

Se você tivesse o poder de criar algo, aquilo seria sua propriedade, não é verdade? Pertencemos ao Pai celeste e, por isso, é melhor aprender o que Ele determinou como nosso procedimento e cumprir essas diretrizes com todas as nossas forças e todo o nosso coração. As proibições feitas pelo Altíssimo são para o nosso bem, e o que Ele nos ordena é bênção completa. Veja como você tem andado, pois Deus não está brincando ao falar do lago de fogo e enxofre.

Os hebreus não ganharam a Terra Santa por alguma coisa boa que fizeram, mas pela fidelidade de Abraão, Isaque e Jacó. Aliás, nós também estávamos separados de Deus devido ao pecado de Adão, mas Jesus pagou o preço da nossa salvação, e, se crermos nEle e O aceitarmos como Salvador e Senhor, seremos salvos. Com a mudança de entendimento, você conhecerá a agradável, boa e perfeita vontade de Deus. Não perca a oportunidade de se libertar do mal!

Outro fato importante é acreditar que o Senhor só o abençoa quando você crê na Palavra. É desse modo que tomamos posse de tudo o que Ele nos oferece. As promessas registradas nas Escrituras se cumprem por causa da bondade e da misericórdia divinas na vida de quem deposita a fé no que Ele diz na Bíblia. Assim, somos curados, libertos e prosperamos em todos os sentidos. Basta crer no Evangelho para ser abençoado. Amém?

Essa é a mensagem a ser pregada a todas as pessoas, pois, de outro modo, ninguém será salvo. Há um perigo rondando as igrejas: por vezes, o nome de alguma denominação é levantado como aquele que agrada a Deus, mas isso não é verdade. A Igreja do Senhor é erguida por Ele mesmo, ao conduzir os perdidos a Jesus e falar ao coração deles, dando-lhes o dom do arrependimento. No Evangelho, você faz contato pessoal com o Senhor somente pela fé em Jesus.

Não tente agradar ao Altíssimo cumprindo as normas de qualquer religião, porque isso de nada adiantará. Você precisa conhecer a Verdade – a Palavra de Deus –, e assim será salvo.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares