17/12/2016 - CUMPRINDO A PROFECIA

Eis que o povo se levantará como leoa e se exalçará como leão; não se deitará até que coma a presa e beba o sangue de mortos.    

Números 23.24

 

Os salvos têm de aprender a não ser tímidos para verem suprido aquilo de que precisa. Se o Senhor garante que dom algum nos será negado, não há por que passarmos necessidade quando servimos a Ele. Temos de assumir o nosso lugar em Cristo e fazer a vontade divina, como a leoa que se levanta para providenciar comida aos seus filhotes. A verdade é: se nada fizermos, nada teremos.

Deus quer ver o seu levantar e a sua partida decidida em busca de alimento. No caso da leoa, ela sai para caçar. Haverá momentos em que ela terá de empreender toda a sua força para pegar uma presa esperta e ágil. Em outros, ela usará a força para derrubar um animal forte e perigoso. No entanto, ela persistirá, porque o seu propósito é não deixar seus filhotes passarem fome nem morrerem de inanição. Em pouco tempo, ela os levará a aprender a caçar.

Outro exemplo é do leão, que se eleva diante dos seus inimigos e parte para cima deles, sem medo algum. A intrepidez – ausência de medo – deve ser a atitude de todo aquele que entrou para o Corpo de Cristo. Na verdade, o cristão não precisa temer, e sim aceitar os desafios que lhe forem apresentados e, então, quando uma provação maior aparecer, se sairá bem.

A promessa do Senhor é como uma presa que o “leãozinho do Senhor”, o filho dEle, tem de perseguir sem medo e, então, ao abatê-la, alimentar-se dela. Quem interrompe a perseguição para descansar e dorme perde o que lhe foi dado. Ora, isso não agrada a Deus. Davi, por exemplo, perseguiu o seu inimigo e não descansou até dar cabo dele. Esse ato simboliza o que temos de fazer hoje.

Precisamos comer a carne – ter a promessa cumprida em nosso interior. Quem cruza os braços para descansar vê a presa fugir e, em muitos casos, nunca mais a encontra. A roça do preguiçoso está sempre cheia de espinhos e mato que nada acrescenta. Além disso,  tem falta das coisas boas e necessárias para alimentar a si e a sua família. Acorde! Deus já preparou as boas obras para andarmos nelas. 

Não se deite até a presa ter sido abatida e estar dentro de você. Busque os dons de Deus e honre-O com o resultado da sua luta. A respeito de Davi, o Senhor afirmou ter encontrado um homem segundo o Seu coração (1 Sm 13.14). Que o Pai possa declarar o mesmo da sua vida! Então, pare de esmolar! É mais digno e recompensador partir para a batalha e voltar com os resultados prometidos a você pelo Altíssimo. Creia: Deus quer o seu melhor sempre! 

É necessário beber o sangue da presa, que significa se encher da virtude do dom concedido pelo Senhor. Não desista da batalha, mas apresse-se a entender a vontade divina. Tendo-a entendido, parta para a realização. Esse é como o seu dever de casa, sua marca de obediência. Portanto, não aceite uma subvida, mas prepare-se para agradar a Deus.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares