24/01/2017 - UM HOMEM CHAMADO SIMEÃO

Havia em Jerusalém um homem cujo nome era Simeão; e este homem era justo e temente a Deus, esperando a consolação de Israel; e o Espírito Santo estava sobre ele.

Lucas 2.25

Há várias coisas sublimes para nós, e uma delas é ser declarado pelo Altíssimo como justo e temente a Ele. Quem é assim chamado é cheio do Espírito Santo. Com certeza, ao sermos batizados no Espírito, recebemos todo o poder para cumprir a missão dada pelo Senhor. O diabo só consegue vencer a pessoa que não crê no que Deus diz que ela pode fazer. Entenda: cumprir o plano divino é uma importante responsabilidade sua.

Os justos não deixam brechas para o inimigo, porque a justiça deles funciona como uma couraça, impedindo o maligno de entrar na vida deles. Eles estão sempre guardados pelo Guarda de Israel, da Igreja. Bom seria se todas as igrejas estivessem cheias de pessoas assim, pois, como vimos, ao entenderem e respeitarem a vontade divina, elas não são tocadas pelo diabo, mas usam o poder divino em benefício próprio e dos demais salvos. Seja um justo de verdade!

Os que respeitam o Altíssimo são importantes para os não salvos, os quais, por causa disso, podem vir a se interessar pelo Evangelho. O seu testemunho é mais significativo quando as pessoas veem o modo como você vive do que quando escuta as suas palavras. Ora, estar em contato com um justo faz a pessoa desejar ser como ele, pois sua maneira de tratar, trajar e conviver é altamente apreciada até pelos perdidos.

A consolação de Israel já ocorreu, mas muitos ainda não perceberam o que foi feito em prol da paz da humanidade, por isso deixam-se levar por muitos ventos de doutrina que nada podem fazer. É preciso viver a obra realizada no Calvário; então, o inimigo não mais o atrapalhará nem atacará. Ao saber da sua autoridade em Cristo, você nunca mais se submeterá ao diabo e se tornará um vencedor de fato.

A consolação da Igreja inclui a libertação dos servos do Altíssimo das obras de Satanás. Para não serem usados pelo diabo, os salvos deveriam imitar o velho Simeão, o qual se agarrou ao que sentiu do Senhor, crendo na promessa. Simeão sabia que Deus enviaria Seu Filho para a redenção do Seu povo e, durante muito tempo, aguardou o dia do cumprimento disso. Ao sentir o toque sagrado, confessou estar satisfeito e pronto a ir para os Céus.

Quem tem o Espírito Santo possui sempre uma palavra temperada com sal e, graças a isso, é bem-vindo em qualquer lugar. O justo encontra solução para os mais diversos problemas, pelo fato de viver na presença do Altíssimo. Procure, então, praticar a justiça de Deus e você andará por toda parte a fazer o bem e curar os oprimidos. O Senhor é com o justo, que é como o sal, temperando e impedindo a degradação de uma vida.

Deus deseja encher o Seu povo com o Espírito Santo, para que sejam realmente testemunhas de Jesus, realizando as mesmas coisas feitas por Ele. Com esse entendimento, encha-se do Espírito de Deus e seja a bênção preparada por Ele neste mundo sofredor.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares