19/05/2017 - ATITUDE PERFEITA

Derramei a minha queixa perante a sua face; expus-lhe a minha angústia.

Salmos 142.2

É ruim guardar desapontamentos no decorrer da vida. A estrutura humana é frágil para acumular sentimentos negativos. Não importa o que você tenha sofrido; jamais deixe o sol se por sobre a sua ira (Ef 4.26). É certo que as ofensas, quando vêm de quem prezamos, maltratam-nos muito, mas, se mantivermos isso no coração, padeceremos mais com a lembrança.

Os ressentidos, ao remoerem a dor, produzirão em si mesmos o prejuízo moral e físico idêntico ao da ocasião em que foram agredidos. Portanto, liberte-se do que possa lhe causar maiores danos. Ao se livrar das más lembranças, você se verá grande, livre de toda influência maligna que Satanás lhe provocou. A melhor saída para viver bem é expor suas queixas ao Senhor.

Davi entendeu a capacidade venenosa de um ressentimento e logo derramou toda a sua queixa diante do Altíssimo, tornando-se livre. Faça o mesmo, não deixe a tristeza dominar você, pois ela é como uma semente maléfica, a qual produzirá frutos diabólicos. Os conselhos de Deus são para o nosso bem, e os sábios os adotam tão logo os escutam. Viva sua liberdade em Cristo!

O pastor de Israel entendeu que deveria lançar sua aflição perante a face divina, o que significa seguir o entendimento bíblico a respeito de tal assunto. Ele tinha um semblante alegre porque sabia fazer as coisas bem. Era um valente homem de guerra, sisudo em palavras e de gentil aspecto. O Senhor era com ele em tudo o que fazia. A “receita” fornecida pela Bíblia deve ser assumida imediatamente.

Busque a face de Deus e, de um momento para o outro, você se livrará de qualquer martírio material ou emocional. Ao entender a Palavra, retenha esse conhecimento em seu coração para sempre. Ao ser atacado pelo tentador, resista a ele, citando as promessas recebidas e, por mais difícil ou doloroso que seja o caminho, siga nele por amor a Quem morreu por você. 

Ao depositar a sua angústia aos pés da cruz, exponha-a completamente. Se não fizer isso, uma semente do mal brotará em seu espírito. Isso é perigoso, porque, assim como as ervas chegam a arrebentar pedras, um pouco de tristeza o fará aceitar o ódio. Então, de ofendido você passará a ofensor. Seja a pessoa que Deus planejou que fosse nEle, e Ele será o que Se preparou para ser em você.

Não há nada mais recompensador do que amar o seu inimigo, bendizer a quem o maldiz, fazer o bem a quem o odeia e orar pelos que o maltratam e perseguem. Isso prova que você é filho de Deus, e Ele, seu Pai. Reaja de modo santo, e não como um ímpio. Se a sua justiça não exceder em muito a dos escribas e fariseus, você jamais entrará no Reino dos Céus (Mt 5.20). Chegou a hora de orar, expondo a sua inquietude ao Senhor!

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares