05/10/2017 - A ROCHA DE ISRAEL A MIM ME FALOU

Disse o Deus de Israel, a Rocha de Israel a mim me falou: Haverá um justo que domine sobre os homens, que domine no temor de Deus. 

2 Samuel 23.3

Davi teve o privilégio de amar o Senhor desde cedo. Por não ser uma pessoa rancorosa, o futuro rei não guardava mágoa da época em que seu pai o enviava para cuidar das ovelhas da família. Lá, Davi aproveitava o tempo para estar em comunhão com Deus, tocar harpa e levar o rebanho aos campos verdejantes e às águas tranquilas. Desse modo, seus animais eram alimentados e pastoreados.

Esse pequeno pastor de ovelhas tinha tudo para se considerar sem direito algum, pois era o oitavo filho de uma família simples (1 Sm 16.10,11). Diante disso, o que ele poderia esperar? O primogênito herdaria o dobro dele, e, se o primeiro filho morresse, o segundo lhe sucederia. Olhando para a ordem natural, a sua vez jamais chegaria. No entanto, como Davi conservou a sua fé no Altíssimo, uma série de boas coisas começou a acontecer e o levou a ser rei e pastor de Israel. O seu dia chegará também!

Davi depositava a sua fé no Deus de Israel, entendimento que Jacó tivera do Senhor (Gn 33.20). Hoje, não temos de declarar o mesmo a respeito do Altíssimo, porque a revelação foi ampliada, inclusive por Davi e pelos demais servos do Todo-Poderoso, os quais Lhe serviram antes da vinda de Jesus, quando a revelação se concluiu. Ele é o Deus e Pai de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. Agora, temos o Senhor de modo completo, por isso somos mais do que vencedores.

O filho de Jessé afirmou que o Deus de Israel, a Rocha de Israel havia falado com Ele. Isso fez Davi ser vitorioso nas batalhas, pois ele se agarrava às orientações do Senhor e não abria mão delas. Assim, guardou a revelação crendo nela e repetindo-a detalhadamente. Quando Deus lhe dissera que um justo dominaria sobre os homens (2 Sm 23.2,3), falava de Jesus, o qual viria ao mundo para nos libertar do reino das trevas (Is 61.1). Aleluia!

Esse domínio seria no temor do Senhor, no respeito ao que Deus lhe havia dito. Se você deseja vencer as lutas, esteja sempre em sintonia com o Altíssimo por meio das Escrituras. Nelas, você encontrará o poder para realizar a obra do agrado dEle. Você deve crer em tudo o que aprender do Todo-Poderoso e, a partir dessa instrução, o seu procedimento dever ser de respeito total a Ele.

O Justo já veio e nos resgatou do império do mal (Cl 1.13,14). Portanto, não há motivo para temermos o diabo nem seus demônios, visto que eles não podem nos atingir. Recuse qualquer ensinamento que o induza a ser mais tímido na fé, afirmando que, se você for intrépido, o diabo pode se irar contra sua vida e atacá-lo, fazendo-o sofrer. Isso nunca foi verdade; ao contrário, o maligno teme quando falamos em Nome de Jesus (Mc 16.17,18).

Fique com o que a Rocha eterna, o Deus e Pai de Cristo lhe diz, pois Ele fala a Verdade. Ao entender as declarações da Palavra, você passa a ter direitos e privilégios em Jesus. O ato de crer no Altíssimo é suficiente para salvá-lo e fazê-lo vitorioso. Amar a Deus é crer em Sua Palavra!

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares