31/12/2017 - DEUS SE IRA TODOS OS DIAS

SENHOR, meu Deus, em ti confio; salva-me de todos os que me perseguem e livra-me.

Salmo 7.11

Nunca houve nem haverá uma só vez em que o Senhor será injusto ou ajudará alguém a fazer o mal. Ele não Se corrompe nem prejudica quem tem direito. Não há como Deus agir de modo errado, nem mesmo para executar a Sua obra. Se fizesse isso, Ele Se igualaria ao diabo. Portanto, os que são dEle e têm se entregado ao pecado devem se retratar, abandonar o erro e não se misturar com os ímpios.

A natureza divina é de santidade completa. O Pai celeste não olha para o pecador e declara que ele verá o quanto sofrerá. Deus sabe que isso ocorrerá com quem praticar alguma maldade, mesmo que essa pessoa seja considerada uma das melhores servas dEle. Ora, ao se dar ao mal, ela deixou de ser agente dos Céus e passou a ser assalariada pelo Inferno. O Senhor deseja que todos se arrependam, sejam salvos e cheios do Espírito.

Você pode contar com o Altíssimo atuando ao seu lado toda vez que fizer o bem. Se o contrário ocorrer, Ele Se irará com você, mesmo que se esforce para colaborar com a obra dEle. Deus nunca enviará algum servo para agir de modo estranho aos padrões de honestidade e integridade, porque Ele é santo e puro. A ordem é sermos santos, pois Ele é santo (1 Pe 1.16).

Quem for atacado por desejos malignos, pensamentos sujos e demais tentações deverá orar. Apresse-se em fazer isso, pois o inimigo não brinca com ninguém. Deus tem prazer em atender a todos os que colocam a confiança em Sua Palavra, livrando-os das tentações e socorrendo-os. Ele é o justo Juiz, o qual não deixa o mal agir encobertamente, mas o expõe para que o tentado peça a intervenção divina. Então, Ele põe fim ao plano de Satanás.

Deus Se dispõe a irar-Se todos os dias, desde que Seu povo peça Seu auxílio para destruir qualquer investida maligna. Ao Se irar, Ele entra em ação contra as forças infernais em relação à sua vida. Portanto, não fique silente, sofrendo sozinho e questionando por que o Senhor não o protege como prometeu. Agora mesmo, entre em oração sincera, repreenda a fonte do problema, e Deus fará a obra como deve ser feita.

Não reduza o Senhor a um oficial de justiça, policial ou empregado seu, dando a Ele ordens para cumprir a sua vontade. Deixe-O ser o justo Juiz, Deus verdadeiro, que cumpre as Suas promessas. Ele julgará a sua causa de acordo com a Verdade, a Palavra. Desse modo, você não deixará de ser atendido no seu clamor por justiça.

Se o Altíssimo é o justo Juiz, por que não procurá-Lo? Embora seu caso pareça insolúvel, não se deixe levar pelas mentiras do inimigo, mas, com a certeza da resposta positiva, coloque seu problema diante dEle. Pode parecer que Deus esteja demorando a lhe atender, mas, por fim, Ele o fará. O Onipotente sempre responde a quem O busca!

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares