30/03/2018 - ÍMPIOS EM NOSSO MEIO

Porque ímpios se acham entre o meu povo; cada um anda espiando, como se acaçapam os passarinheiros; armam laços perniciosos, com que prendem os homens.

Jeremias 5.26

Como o mundo se tornou mau! Os homens, nossos semelhantes, têm sido tão cheios de maldade, que são usados pelo diabo para nos envolver nas armadilhas do Inferno. Só mesmo com a ajuda divina conseguiremos nos livrar das situações tristes e mentirosas colocadas por Satanás diante de nós. Elas têm o poder maligno de nos prender. Uma vez enredados por ele, tudo de bom que houver em nós desaparecerá.

A pior coisa que pode ocorrer com um salvo é ele perder o poder de salgar, entregando-se ao erro. Com isso, nada mais dá certo na vida dele. Tristemente, muitas pessoas não vigiaram e pecaram. Em vez de se arrependerem e se converterem, inventaram coisas que não provêm do Altíssimo e se enrolaram na lama do pecado. Ah! Se essas vidas acordassem do sono diabólico e se voltassem para o Senhor! Ainda há tempo!

No meio do povo do Deus, só deveria haver santos, mas, como alguns não se arrependem das suas iniquidades, tornam-se agentes de Satanás para levar seus familiares à perdição. Primeiro, convencem seu cônjuge a assumir a mentira, pois, se falarem a verdade, não terão como se sustentar – Ananias fez isso (At 5.1-10). Depois, levam os filhos a trilhar o mau caminho; então, toda a família cai nas mãos do inimigo. O resultado será o suplício eterno para eles.

Em vez de permanecerem aos pés de Cristo, procurando dons para aprimorar a conduta das pessoas diante de Deus, andam espiando com quem já é servo do diabo, tentando provar que a fé em Cristo não é verdadeira e o amor de Deus não cumpre o que tem prometido. Ora, isso é invencionice infernal. Por que alguém se afasta tanto das boas coisas, recusa o perdão divino e se afunda na sujeira de Satanás?

O mundo tem muito a ensinar a quem perdeu o juízo e a fé. Indivíduos nessas condições são servos do diabo e vão satisfazer a volúpia do seu mestre. O destino deles será o pior possível. Diariamente, recusam-se a dar ouvidos à voz mansa e suave do Espírito de Deus e rejeitam as ofertas do bom Pastor. Agora, querem levar os outros para o caminho das trevas. Coitados! Eles viverão nas trevas eternas!

Jamais acredite em um ímpio nem tenha amizade com ele. O salvo que tem comunhão com um desviado nega o Senhor da santidade. Não há motivo que nos faça gastar um só minuto com ele. Veja bem, podemos falar com o ímpio, sendo firmes e, com sabedoria, lembrando-o dos ensinamentos da Bíblia, para que se arrependa de sua má conduta.

Os laços que o maligno ensina aos ímpios, a fim de amarrarem você, têm a capacidade de prendê-lo nas teias diabólicas. Portanto, vigie e ore quando for falar com alguém que caiu no erro. Assim, você não será uma nova vítima do inimigo.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares