11/04/2018 - OS QUE NUNCA SE ENDIREITAM

E eis que estava ali uma mulher que tinha um espírito de enfermidade havia já dezoito anos; e andava curvada e não podia de modo algum endireitar-se.

Lucas 13.11

A libertação operada por Jesus em uma das sinagogas de Israel, quando curou uma mulher encurvada, mostra que, se Satanás possuir uma pessoa, o esforço humano nada fará em favor dela. A solução dos nossos problemas virá somente da Palavra de Deus. Precisamos aprender isso, ou continuaremos com um ministério estéril, que em nada se parece com o servir a Deus.

A mensagem do Evangelho pregada pelo Mestre é a saída para os infortúnios, mas, infelizmente, não a vivemos como deveríamos. Por isso, nós nos sentimos impotentes. O inimigo escraviza o ser criado à imagem e semelhança de Deus, paralisando-o física, mental e espiritualmente, fazendo parecer que não há solução para ele. Em Seus dias na Terra, Cristo diria que alguém não tem mais jeito?

Não sabemos com que frequência aquela senhora enferma ia à casa de Deus, mas é certo que o seu cativeiro terminou quando ela ouviu o Senhor pregar a Palavra. Ora, assim deveria acontecer em nossas reuniões, onde os desvalidos receberiam nosso auxílio. Então, quantos se converteriam, arrependendo-se dos seus pecados e passando a realizar a obra divina? Deus operará quando a fé verdadeira estiver presente. 

A ministração do Salvador era simples, para que todos pudessem entendê-la. Se deixarmos que Ele nos use, aqueles que receberam a revelação da Palavra se qualificarão para serem libertos e curados. A meu ver, Jesus pregava que, por trás de toda anormalidade, há um espírito imundo dominando a pessoa. Cristo ensinava: Tudo é possível ao que crê (Mc 9.23b). Será que, de fato, temos crido?

Quantas pessoas têm problemas insolúveis, seja doença incurável para a Medicina, seja uma tentação a qual não têm conseguido vencer? Entenda que os ataques de Satanás parecem que o destruirão e levarão ao Inferno. Diga com sinceridade: você já se conformou com o sofrimento? Se você vivesse nos dias de Jesus, o que Ele diria a respeito do mal que o aflige? Abra os olhos!

Somos a geração incrédula e perversa, mencionada pelo Filho de Deus em Mateus 17.17. Padecemos por não examinarmos as Escrituras para aprender os importantes assuntos da vida (Jo 5.39)! Vale a pena dedicar-se a fazer o bem. Se nascer em sua família alguém com um problema de saúde grave, qual será sua atitude? Prepare-se para fazer o bem a quem sofre! Você é daqueles que só querem prazer carnal e dinheiro?

Ao ouvir que Seus discípulos fracassaram em libertar o menino lunático, o Salvador exclamou: Ó geração incrédula e perversa! Até quando estarei eu convosco e até quando vos sofrerei? Trazei-mo aqui (Mt 17.17). Se não fizermos a nossa justiça exceder em muito a dos escribas e fariseus, não entraremos no Reino de Deus!

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares