09/08/2018 - SENHOR, SE QUISERES!

E eis que veio um leproso e o adorou, dizendo: Senhor, se quiseres, podes tornar-me limpo. 

Mateus 8.2

Jesus havia subido o monte para dar o que muitos chamam de a Constituição do Reino de Deus. Inúmeras pessoas se juntaram a Ele, que, com palavras simples e poderosas, traduziu para elas a maneira correta de se portar na vida. Quem lê os ensinamentos registrados nos capítulos 5, 6 e 7 do evangelho de Mateus fica maravilhado. O Mestre esclareceu como devemos viver para agradar a Deus.

Não há contradição nem maldade nas pregações de Jesus, apenas puras lições vindas dos Céus. No mínimo, quem ouvir o que saiu dos Seus lábios dirá que ninguém falou como Ele. Se quisermos fazer o bem, basta seguirmos os exemplos dEle. Agindo assim, seremos irrepreensíveis aos olhos do Pai e das pessoas. É inegável que, quando lemos a Bíblia, aprendemos a Verdade.

Segundo a Lei de Moisés, os leprosos tinham de viver longe de todos (Lv 13). No entanto, aquele enfermo que se aproximou de Cristo foi enviado pelo Altíssimo. Da mesma forma, as pessoas que, hoje, procuram conhecer o Salvador não vão a Ele por acaso; são conduzidas pelo Pai eterno, o Criador. No Filho de Deus, estão escondidos todos os tesouros e toda a sabedoria (Cl 2.2,3). Ele é fantástico!

O leproso ouviu as declarações do Mestre. Aquelas palavras cortaram seu coração e o convenceram do pecado, da justiça e do juízo (Jo 16.8), fazendo-o desejar estar ao lado do Messias. Ao terminar o sermão, Jesus viu aquele homem se aproximar e fazer-Lhe uma pergunta de fé. Ele entendera que Cristo tinha poder para realizar qualquer coisa, só não sabia se Ele queria.

A dúvida do leproso é a mesma que todos têm atravessada na garganta: Jesus quer ou não nos curar, perdoar, prosperar? Sabemos que o Senhor tem todo o poder e não faz acepção de pessoas; logo não tem tratamento diferenciado entre os seres humanos (At 10.34). Porém, a falta de conhecimento em relação às Escrituras e ao poder de Deus nos impede de sermos abençoados. 

A resposta que o Mestre deu ao leproso e a consequente imposição de mãos sobre o corpo do enfermo não deixam dúvidas de que Jesus nos quer bem. O Senhor tocou nele e disse: Quero, sê limpo (Mt 8.3). A lepra, então, desapareceu. O Mestre nunca disse a uma pessoa que ela não podia receber a bênção por algum motivo religioso, nem mesmo por pecado. O simples fato de ouvir a Palavra a prepara para obter o perdão divino e as dádivas de Deus.

Você foi conduzido à presença de Jesus para ouvir a Palavra, a qual purifica, limpa e salva. Sendo assim, seu passado é irrelevante. Ao entender a mensagem, você já está livre dos seus erros. Assim, basta olhar para Ele para ser justificado. Aquilo de que você precisa já está garantido. Agradeça a Deus, creia e seja curado neste momento!

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares