10/11/2018 - EM DOBRO DA MÃO DO SENHOR

Falai benignamente a Jerusalém e bradai-lhe que já a sua servidão é acabada, que a sua iniquidade está expiada e que já recebeu em dobro da mão do SENHOR, por todos os seus pecados.

Isaías 40.2

A ordem do Altíssimo é que consolemos o Seu povo. Para tanto, devemos usar palavras boas e verdadeiras, a fim de tirá-lo de qualquer opressão maligna. Porém, como não vemos isso como um mandamento, nada fazemos. Ora, quando algo na Bíblia falar ao seu coração, no mesmo instante, assuma aquela instrução como uma ordem a ser cumprida, ou então se prepare para arcar com as consequências no último Dia.

O Criador orienta Seus servos a falarem benignamente ao Seu povo. O Senhor conhece o poder das palavras e como elas são ditas. Ele não quer que nenhum de Seus filhos fique triste com Seus servos. Para Ele, o importante é não perder um salvo sequer; afinal, a Palavra diz que somos comprados por um alto preço (1 Co 7.23). O Salvador já pagou por tudo o que fizemos de errado!

Somente as palavras que falam de amor, benignidade, misericórdia e fidelidade divina devem ser ministradas às pessoas. Não aborde sobre condenação, e sim que Jesus já sofreu pelos nossos pecados. Hoje, basta a pessoa abrir o coração para o Espírito Santo convencê-la do pecado, da justiça e do juízo (Jo 16.8). Então, ela receberá o Senhor Jesus como Salvador. Ao dar a Palavra a alguém, lembre-se dessas verdades.

Por outro lado, não use palavras macias ao falar do fim do cativeiro, e sim seja firme ao dizer às pessoas que acordem para esse fato importante. Já acabou a nossa servidão ao diabo! Ninguém deve ser instrumento dos espíritos imundos. Ainda que essa pessoa seja sacerdote de algum culto demoníaco, a sua servidão aos “deuses” acaba quando ela aceita Cristo em seu coração. Há liberdade agora!

Outra parte da revelação é a seguinte: a iniquidade já foi expiada – paga com o sangue do Cordeiro de Deus. Em razão disso, todos podem deixar as sendas infernais e passar a andar na luz do Senhor. O sangue de Jesus, derramado na cruz do Calvário, comprou-nos e nos tirou das mãos de Satanás. Assim, não precisamos ser usados pelo diabo e seus anjos. A liberdade do homem é algo certo e bom.

O homem precisa receber Jesus em sua vida para ser salvo e liberto do império das trevas. Se a decisão de uma pessoa não for com fé, ela não receberá a salvação. Quem tem um pé no Reino dos Céus e outro no das trevas não é de Deus, e o pior: caminha rumo à perdição eterna. Após a morte, ninguém mudará de posição. Vigie!

Por que não tomar a sua decisão agora? Ao crer em Cristo, você recebe em dobro da mão de Deus tudo o que o diabo tomou de você. Isso se refere à saúde, prosperidade e santidade. Não importa quem você seja; decida-se agora ao lado de Jesus. Dessa forma, você será um exemplo.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares