20/04/2019 - BONS CONSELHOS DO ALTO

Pois ainda um pouco, e o ímpio não existirá; olharás para o seu lugar, e não aparecerá.

Salmo 37.10

A importância de dar ouvidos ao Senhor é salutar, e quem faz isso se torna justo, um praticante da justiça. A pessoa que despreza a Palavra zomba de Deus, por isso não irá muito adiante. Diz o texto bíblico que, em pouco tempo, o ímpio não existirá. Por que alguém preferiria o caminho da morte e desprezaria o da vida? Bem, a força que opera nessa pessoa não vem de Deus, e sim do Inferno, que entrou no mundo com o pecado de Adão.

Uma das dicas do Senhor para não sermos desclassificados é deixar a ira (Sl 37.8). Até mesmo os servos de Deus, quando são traídos, roubados ou sofrem qualquer maldade, são tomados por esse sentimento e chegam a revidar. Não importa o seu prejuízo; enfurecer-se com o seu ofensor nunca aliviará a sua dor. Ao se vingar, você se torna mau também.

A Bíblia fala sobre abandonar o furor, porque, como a ira, pode levá-lo a prejudicar a quem o afligiu. Por que ficar furioso e também cometer atos ruins? Depois disso, virá o remorso e a pena da lei para a sua ação. Ora, você não merece passar sequer um dia na prisão por ter feito justiça com as próprias mãos. Qual será a sua atitude?

Indignar-se para praticar o mal prova a falta de sabedoria em seu coração. Se for adiante, você não se dará por satisfeito. O malfeitor que não se arrepende do que fez – e, se pudesse, faria tudo de novo – não irá muito longe. Logo será desarraigado, arrancado pelas raízes. Quem espera no Senhor para recuperar os danos sofridos herdará a terra – as promessas do Altíssimo. Portanto, jamais se vingue.

Nada melhor do que ter confiança no Todo-Poderoso, o qual age segundo o Seu bom coração. Pessoas cuja fé está em Deus nunca serão envergonhadas nem deixarão de receber a justa recompensa pelo bem que fizerem. Veja o caso de Jacó. Ele teve seu salário mudado dez vezes pelo seu sogro, mas Deus o prosperou ainda mais. A respeito de Labão, Jacó disse: Deus não lhe permitiu que me fizesse mal (Gn 31.7b). O Pai celestial é Galardoador dos que O buscam (Hb 11.6)!

Devemos confiar no Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o qual prometeu jamais nos desamparar. A recompensa dEle é 100% certa e vem em uma medida maior. Você é de Deus, mas a pessoa que lhe causou sofrimento sem motivo é do diabo. Então, inicie uma ação espiritual para abençoá-la. Por ser oprimida pelo maligno, ela se conduziu dessa maneira. Ora, o inimigo quer que você a odeie e use seu potencial de abençoar para amaldiçoar.

A quem você obedecerá? Por certo, como servo do Altíssimo, você servirá a Ele e não a quem quer arrancá-lo dos braços do Senhor. Prove o seu amor a Deus e ao próximo como a si mesmo. Na dor, mostramos quem comanda a nossa vida; logo, jamais aceite as sugestões do adversário e repreenda-o com a Palavra. A sua vitória é certa!

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares