26/04/2019 - COISA DO ANTIGO TESTAMENTO

Os meus olhos desfaleceram, esperando por tua promessa; entretanto, dizia: Quando me consolarás tu?

Salmo 119.82

O povo do Antigo Testamento olhava para a frente, para o tempo em que Deus cumpriria a Sua promessa. Porém, isso já ocorreu. Era necessário que todas as coisas previstas naquela dispensação acontecessem; assim, quem cresse experimentaria a bondade do Senhor. Os israelitas esperavam a vinda do Messias, mas, quando Ele veio, não se deram conta disso e perderam a chance de mudarem de vida. Não vigiaram nem oraram!

Hoje, vivemos na Nova Aliança na qual fomos consolados em Jesus. Resta-nos assumir o que é nosso, segundo aprendemos na Palavra, e realizar a missão dada por Deus. Os salvos são herdeiros das promessas bíblicas; basta que acreditem no Senhor e as tornem reais, como ocorria nos dias de Cristo na Terra. Não há mais o que esperar. Creia e viva!

O salmista disse que seus olhos desfaleciam, aguardando pela promessa divina: a vinda do Salvador. Ora, isso ocorreu, mas o povo, por estar muito longe de Deus, não O reconheceu (Jo 1.11). Os israelitas perderam a grande visitação de Jeová, o qual fizera a aliança com Abraão. Ora, da mesma forma, muitos têm desprezado o Senhor, adiando o momento de crer em Jesus. Por isso, quando Ele voltar, essas pessoas não subirão com Ele.

O Mestre veio consolar os Seus, mas o apego à religião e ao poder temporal que a “fé” lhes dava fez Israel não dar a Ele o devido lugar. Cristo lamentou aquela atitude, a qual faria a casa deles ficar deserta durante séculos. Agora, o Altíssimo está visitando toda a Terra, tanto judeus como gentios, e, por toda parte, o avivamento já se iniciou.

O Evangelho – a Boa Notícia do que Jesus fez em favor da humanidade – está sendo levado aos quatro cantos do planeta. Por isso, muitos perdidos em coisas religiosas têm sido resgatados da sua vã maneira de procurar a Verdade. O momento é de grande oportunidade para todos despertarem nesta maravilhosa visitação dos Céus. Os prodígios e sinais que aconteciam no início da fé cristã sucedem em nossos dias.

O prometido Consolador está dando continuidade ao santo ministério iniciado por Cristo. Nós anunciamos que o Senhor ama e abençoa todas as pessoas. Multidões têm visto como o agir de Deus é verdadeiro entre nós. São milhares de pessoas descobrindo que, no Evangelho, a justiça divina se revela. Não há época melhor para se viver do que esta. A Deus seja a glória!

Que venham a nós os sofredores, e nós lhes ensinaremos a mensagem de Jesus. Quem crer verá que o poder de Deus dos dias do Salvador continua a agir onde a Palavra de Deus é pregada como Jesus fazia. No passado, Ele realizava maravilhas; hoje, isso também acontece. A pessoa que crer e for batizada será salva (Mc 16.16). Aleluia!  

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares