26/08/2019 - ONDE ESTÃO OS FIÉIS DE DEUS?

Dai voltas às ruas de Jerusalém, e vede agora, e informai-vos, e buscai pelas suas praças, a ver se achais alguém ou se há um homem que pratique a justiça ou busque a verdade; e eu lhe perdoarei. 

Jeremias 5.1

A situação da humanidade é caótica, e o que se contempla entre o povo de Deus também é triste. Pobres vidas! Aonde chegarão andando segundo as próprias concupiscências? Se a sociedade nunca enfrentou um momento de tanto perigo, agora está enfrentando. O maior inimigo do homem não são somente os ditadores que se investem de poder, mas também o cristão que não deseja mais fazer a obra de Deus. Vigie! 

Hoje, se alguém caminhar entre os salvos, a fim de ver como andam e vivem, encontrará poucos servos do Senhor genuínos. Há quem se entregue à tentação de conseguir mais e mais. Para que tanta riqueza, se ouro e prata não garantem a vida eterna, e sim a perseverança em seguir o Mestre? Por que abandonar o que é bom e verdadeiro e abraçar a cobiça torpe que o levará ao abismo?

Poetas escrevem canções por interesses espúrios, porque querem obter sucesso, dinheiro e louvor para si mesmos. Eles não dedicam ao santo Nome do Senhor o louvor e a adoração devidos. Muitos salvos têm aceitado as ofertas do maligno, prostrando-se diante dele para adorá-lo, sem se importar com as consequências, porque almejam a realização de seus alvos.

Os melodistas não buscam do Altíssimo o “transporte” correto para a revelação da Palavra aos corações famintos pela Verdade, e sim aquilo que lhes renderá um lucro maior e os promoverá na presença dos homens. Ora, aqueles a quem foi dado mais precisam considerar que mais também lhes será pedido? Cuidado! O diabo tem levado grandes santos do Senhor à corrupção moral, e eles serão enviados às trevas exteriores.

Diversos cantores escolhem onde irão ministrar, deixando de orar e, em alguns casos, de jejuar. A preferência é onde receberão mais para poder comprar boas roupas, belas casas e os tão famosos e cobiçados carros. Conforme as Escrituras, o povo e o sacerdote comem e não se fartam, entregam-se à luxúria, mas não se multiplicam, pelo fato de terem deixado de olhar para o Senhor. A causa é que a incontinência, o mosto e o vinho têm tirado a inteligência deles (Os 4.10,11).

Os pregadores não se importam com o número de bandidos mortos, ou de pessoas boas que, por causa da crise, decidem ingressar na marginalidade, nem mesmo se arriscam a ir até eles com o recado de Deus. Aonde iremos parar com isso? É preciso voltar à Bíblia para ver onde erramos, e o que temos feito com a ordem do Altíssimo, pois, se continuarmos assim, perderemos a grande salvação e para onde iremos?

O mundo ficaria melhor se quem busca a justiça e encontra a Verdade ministrasse aos corações daqueles que estão tomados pelos demônios. Essas pessoas se converteriam e experimentariam a graça de Deus. Acorde! Onde não há temor do Juízo eterno, não há salvação. Examine-se e mude agora!

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares