01/09/2019 - PREPARE-SE PARA O GRANDE DIA

Conjuro-te, pois, diante de Deus e do Senhor Jesus Cristo, que há de julgar os vivos e os mortos, na sua vinda e no seu Reino.

2 Timóteo 4.1

O julgamento final será um momento muito importante e sério para todos. Nesse dia, a Palavra absolverá ou condenará os vivos e mortos. Assim, jamais esmoreça, mas continue firme espalhando as Boas-Novas, resgatando todos quantos caminham rumo à condenação eterna.

Sirva a Deus com vontade, sem preguiça, pois maldito é aquele que faz isso relaxadamente (Jr 48.10). O cristão que não evangelizar terá de responder diante de Deus no grande Dia, por não ter cumprido o Ide de Jesus (Mc 16.15). O apóstolo Paulo sempre foi firme em relação a esse assunto, tanto que ele conclamou Timóteo, diante de Deus e de Jesus, a pregar o Evangelho continuamente. Se você não tem vivido isso, essa é a sua chance de mudar. Obedeça ao Senhor e espalhe a Boa Notícia.

No versículo, é mencionado o julgamento dos vivos e dos mortos que ocorrerá na segunda vinda de Cristo. Acredito na definição de pessoa viva como a salva – que passou da morte eterna para a vida – e morta como aquela em pecado. Não importa, todos serão submetidos ao Juízo Final: tanto os que rejeitaram o Salvador quanto os que nasceram de novo.

Os cristãos devem se preparar para esse Dia, sem se deixar levar pela ação do maligno. Com ofertas traiçoeiras, o maligno nos faz ser comparados à semente que caiu entre espinhos (ver Mateus 13). É com pesar que vejo muitas pessoas não produzirem frutos por darem mais importância às riquezas e ao luxo, rendendo-se à ambição por coisas materiais. Na verdade, tenho certeza de que a maioria está mais interessada nos bens deste mundo do que em ouvir a orientação divina.

Cristo afirmou: E, se alguém ouvir as minhas palavras e não crer, eu não o julgo, porque eu vim não para julgar o mundo, mas para salvar o mundo. Quem me rejeitar a mim e não receber as minhas palavras já tem quem o julgue; a palavra que tenho pregado, essa o há de julgar no último Dia (Jo 12.47,48). Não brinque com as admoestações do Senhor. Ele tem um propósito para a sua vida, e você sabe que é algo grandioso; afinal, a vontade dEle é boa, perfeita e agradável.

Não sabemos nem o dia nem a hora em que Jesus há de vir. Então, vigiemos! Conheçamos mais a Palavra, os mandamentos, juízos divinos, e os cumpramos. Precisamos dar total atenção à santa orientação, para não cairmos no erro de nos aprontarmos quando já for tarde demais (Mt 25.1-13).

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares