06/10/2019 - SIÃO CHEIA DE RETIDÃO E JUSTIÇA

O SENHOR é exalçado, pois habita nas alturas; encheu a Sião de retidão e de justiça.

Isaías 33.5

Não há como comparar Deus com nenhum outro ser: Ele é o Onipotente. A Palavra afirma: Porque dele, e por ele, e para ele são todas as coisas (Rm 11.36). Lúcifer era o querubim da guarda, um anjo cheio de beleza e formosura, porém desejou ser igual ao Altíssimo, corrompeu um terço dos anjos, que se juntou a ele, e foi lançado para fora do Céu. No entanto, não passou desse intento.

O fato de Deus habitar nas alturas significa que o Seu entendimento e a Sua sabedoria são maiores do que as do homem. Por causa do pecado original, o ser humano foi rebaixado, mas nem tanto quanto o diabo, cuja posição é inferior em todos os sentidos. O Senhor é engrandecido, elevado acima das tentativas do maligno de fazer frente a Ele. Aliás, esse era o seu plano maléfico desde o início, mas foi desbaratado (Is 14.14).

Quando a Bíblia fala de Sião no Antigo Testamento, refere-se à tribo de Judá, e, no Novo, à Igreja de Jesus. O trabalho de reconstrução da humanidade fez o Criador encher a Sua obra de retidão e justiça. Perceba que Ele não deu à Sua casa só um pouco dessas virtudes, mas a encheu completamente delas. Por isso, ela está perfeitamente equipada para entrar nos combates da fé e sair vencedora.

Isso diz respeito à ausência de mácula, pois a Igreja foi lavada e edificada no sangue do Salvador. Diante disso, o cristão pode e deve enfrentar o mal com a certeza de que obterá êxito. Portanto, a Igreja de Cristo não pode admitir fracasso, porque foi dotada de retidão. O Senhor é fiel!

O apóstolo Paulo foi dirigido pelo Espírito Santo a comentar a redenção realizada em favor do povo de Deus, dizendo que, agora, nenhuma condenação há para os que estão em Cristo (Rm 8.1). Então, não há pena nem sofrimento. É preciso ensinar os salvos a crerem nas Escrituras, pois ela é a Verdade. Quando alguém a conhece, é liberto por ela (Jo 8.32). A retidão nos tirou do reino das trevas.

A Igreja ainda foi cheia de justiça e continuará assim até a volta de Cristo. O maligno sabe que, com isso, não perderemos as lutas para ele e seu reino. É importante a nossa posição perante o Senhor e todas as coisas. Por isso, jamais deixe o mais leve pensamento negativo se assenhorear de você. Estando em Cristo, você é mais do que vencedor em todas as coisas (Rm 8.37). Deus é bom!

Diante de todo o aprendizado adquirido nesta mensagem, assuma a sua posição no Filho de Deus. O adversário sabe que isso é real, mas, enquanto você não crer, ele continuará oprimindo a sua vida. Agradeça ao Pai pela sua vitória antes mesmo de entrar na peleja. Ao Senhor seja a glória!

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares